Saiba como amenizar os efeitos do climatério - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Falando de sexo06/12/2018 | 20h00Atualizada em 06/12/2018 | 20h00

Saiba como amenizar os efeitos do climatério

A confusão entre menopausa e climatério é comum

Saiba como amenizar os efeitos do climatério Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução

Minha mulher está entrando na menopausa: a libido está baixa, nunca tem vontade de transar e sente aqueles calores que a deixam louca e com um vermelhão no rosto. Ela ainda menstrua, mas bem irregularmente. A convivência está difícil em função do estresse entre nós. O que eu posso fazer para que ela melhore? E, além disso, ainda há o risco de gravidez?

Pelo jeito, vocês estão passando por um momento bem delicado e tenso! Depois dos 40 anos, algumas mulheres começam a ter estes sintomas, que fazem parte do climatério (conjunto de sinais que surgem antes da menopausa, caracterizada pela chegada da última menstruação). Durante este período, há uma reviravolta nos hormônios femininos. 

A confusão entre menopausa e climatério é comum. No auge da vida reprodutiva, a mulher tem 75% de chances de engravidar. Nesta fase de revolução, as chances de gravidez não passam de 20%. Mudanças de humor, irritação, calorões ou insônias são apenas alguns dos sintomas desta etapa. 

Seja compreensivo

Para ajudar, tente ter paciência, seja compreensivo e prestativo. Ao mesmo tempo, não deixe que ela o faça de saco de pancadas. Lembre-se de que você não é a causa de tudo o que ela está sentindo. Se a sua mulher parecer muito descontrolada, leve-a o quanto antes ao médico. 

Procure soluções para diminuir o desconforto, trazendo água gelada, durante a noite, ou propondo assistir a uma comédia para melhorar o humor dela.

 Leia outras colunas do Falando

Se tiver dúvidas e sugestões, mande e-mail para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros