É melhor estar mal acompanhada do que só? - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 

Falando de Sexo10/01/2019 | 11h50Atualizada em 10/01/2019 | 11h50

É melhor estar mal acompanhada do que só?

Cuidado com  a distorção de suas escolhas

É melhor estar mal acompanhada do que só? Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução

Estou em um relacionamento há três anos, mas está péssimo. Brigamos o tempo todo, e ele não me entende. Fazemos sexo, mas, para mim, é ruim. Ele diz que gosta, mas faço por obrigação. Contudo, tenho medo de terminar, de me arrepender e de ficar sozinha.

Amiga, quando o amor e o sexo se tornam um meio para fugir da dor de estar só e não ter quem amar, a escolha do parceiro fica distorcida. 

Desta forma, estar em um relacionamento fica baseado em fazer o que o outro quer, para que este não deixe você, em vez de empregar energia e trabalhar para o bem comum do casal. Ou seja, o ideal é praticar o que os dois querem. Assim, o casal se torna mais íntimo e mais companheiro. 

Dependendo do caso, o amor pode evoluir para padrões destrutivos e doentios. Algumas pessoas têm tanto medo da solidão, ou de serem rejeitadas, que ficam presas a relacionamentos infelizes, só pelo desespero emocional de ter alguém. 

Valorize-se

Você vive com medo de nunca encontrar outra pessoa que a queira e acha que, então, é melhor estar mal acompanhada do que só? Não se esqueça de que, um dia, você já seduziu e esta capacidade é sua. 

A autoestima é algo que nunca não deve ficar em segundo plano. No máximo, este poder está adormecido, e você deve começar a reanimá-lo. Lembre-se de que, em uma relação, é preciso que os parceiros sejam amigos sinceros um do outro.

 Leia outras colunas 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros