Renato Dornelles celebra: chegou a hora dos desfiles no Porto Seco - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Chora Cavaco 14/03/2019 | 22h26Atualizada em 14/03/2019 | 22h26

Renato Dornelles celebra: chegou a hora dos desfiles no Porto Seco

Colunista dá o tom: "Todos os caminhos nos levam ao Porto Seco"

Renato Dornelles celebra: chegou a hora dos desfiles no Porto Seco Camila Domingues/Especial
Imperadores do Samba é a mais recente campeã do Carnaval Foto: Camila Domingues / Especial

Para matar a saudade e manter a tradição, todos os caminhos nos levam, nesta sexta-feira (15) e sábado (16), ao Porto Seco. Já são dois anos sem desfiles do Grupo Prata e um sem o Grupo Ouro. Mas agora chegou a hora. Nesta sexta-feira, a partir das 22h, e amanhã, das 21h, vamos ver 16 entidades – 15 escolas de samba e uma tribo.

Nesta sexta-feira (15), pela ordem, pisam na passarela do Porto Seco Academia de Samba Puro, Academia de Samba Praiana, Fidalgos e Aristocratas, Realeza, Bambas da Orgia, União da Vila do IAPI e Imperatriz Dona Leopoldina.

Leia mais colunas Chora Cavaco

No sábado (16), será vez de Os Comanches, Copacabana, Unidos de Vila Mapa, União da Tinga, Império do Sol, Império da Zona Norte, Imperadores do Samba e Estado Maior da Restinga.

Cabe lembrar que os desfiles serão competitivos. Ou seja: como se dizia antigamente, "às ganhas".

E também tem bloco na rua durante o fim de semana. Neste sábado (16), a partir das 16h, tem o Olha o Passarinho do Mario, saindo da Casa de Cultura Mario Quintana. Na Orla, o Puxa Que é Peruca concentra às 16h junto à pista de skate do Parque Marinha do Brasil. No domingo (17), neste mesmo local (pista de skate), às 15h concentra o Tem Tudo Para Dar Errado. Às 17h, na altura da Praça do Canhão, tem Os Dinobicos.

O bloco Maria do Bairro faz o seu "enterro dos ossos" neste domingo (17), às 11h, junto ao Monumento do Expedicionário, no Parque da Redenção.  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros