Guri de Uruguaiana, sobre a polêmica do leite condensado: "Deve ter sido usado no programa de formação de brigadeiros"  - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Só se fala noutra coisa!30/01/2021 | 07h00Atualizada em 30/01/2021 | 07h00

Guri de Uruguaiana, sobre a polêmica do leite condensado: "Deve ter sido usado no programa de formação de brigadeiros" 

Humorista fala ainda sobre a volta às aulas

Guri de Uruguaiana, sobre a polêmica do leite condensado: "Deve ter sido usado no programa de formação de brigadeiros"  Artebiz / Divulgação/Divulgação
No fim, ficou o dito pelo não dito Foto: Artebiz / Divulgação / Divulgação

Chê! A polêmica envolvendo os gastos públicos em compras, que ficou marcada pelos R$ 15 milhões desembolsados pelo governo federal em leite condensado, foi o assunto que mais bombou na internet durante a semana. Após a publicação da reportagem do portal Metrópoles, o governo afirmou que a maior parte do produto, no ano passado, foi destinada ao Exército. 

Quando li essa notícia, pensei: "Essa quantidade toda deve ter sido usada no programa de formação de brigadeiros". 

Muita calma nessa hora

Mas calma, chê! Antes de pensar que o presidente Jair Bolsonaro está tomando banho em uma banheira cheia de leite condensado, saiba que a Secretaria Especial de Comunicação Social afirmou que houve um erro no Portal da Transparência e que o verdadeiro gasto com o produto, em 2020, foi bem menor do que em anos anteriores. 

Polêmicas à parte, falando em dieta, eu tracei um objetivo: vou emagrecer 10 quilos em 2021. Depois de um mês, só me falta perder 20 quilos para bater a meta. E olha que eu me esforcei: comprei frutas para ter uma alimentação saudável. O problema é que eu como as frutas com leite condensado por cima. 

Guri de Uruguaiana<!-- NICAID(14701796) -->
Não dá pra entender essa história da purpurina...Foto: Artebiz / Divulgação

Volta às aulas

No Brasil inteiro, as escolas estão se preparando para o início do ano letivo. Finalmente, depois de um ano pentelhando em casa, a gurizada vai voltar para o colégio. Que alívio! 

Falando nisso, a lista do material escolar vem com cada item absurdo... Na lista do meu sobrinho, pediram até purpurina. Eu achava que ele estudava em uma escola municipal, não em uma escola de samba!

Tudo diferente

A piazada, hoje em dia, leva tablet para o colégio. No meu tempo, o que tinha de mais tecnológico era o lápis da tabuada. Tinha também a borracha de duas cores. A cor clara apagava o lápis. 

Já a escura furava o caderno. No primeiro dia de aula, os meus colegas chegavam se exibindo com os cadernos de capa dura. 

Eu, que era pobre, só tinha cadernos de capa mole. A minha mãe ainda encapava com plástico de sacola do supermercado. E os uniformes? Como eu era o caçula, herdava os uniformes velhos dos meus irmãos. O pior é que a gente crescia, mas as roupas não acompanhavam o nosso crescimento. Eu e os meus manos ficávamos com aquelas calças na altura da canela. Muito fashion! Que barbaridade!

Correio amoroso

Guri, a minha namorada vive dizendo que eu preciso ter mais atitude. O que isso significa?
Guilherme Basílio, de Ibirubá.

Guilherme, a grande verdade é que toda mulher gosta mesmo é de homem que manda! Que manda flores, manda para o shopping com o cartão de crédito dele...  Essa é a atitude que toda prenda espera de um bagual!

Falando em shopping, quando eu vou com a minha patroa, fico sempre de mãos dadas com ela. Não solto por nada, mas não é por romantismo. Se eu soltar, ela entra em uma loja para gastar. Que barbaridade!

Chê, mas não esquenta a cabeça. A grande verdade é que as mulheres só querem alguém para chamar de “mor”… De mordomo! Que falta de opção. 

Calma, Guilherme! Vou te dar a mãe de todas as barbadas: hoje em dia, para deixar a prenda louca na hora H, é só chegar no ouvidinho dela e dizer, bem baixinho, com voz aveludada: “Paguei todos os teus boletos”. Isso nunca falha!

Tirinha

Foto: Reprodução / Reprodução


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros