Guerrinha: Inter mostrou que é um time muito mais forte quando joga fechado - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Ficou escancarado10/08/2021 | 07h00Atualizada em 10/08/2021 | 07h00

Guerrinha: Inter mostrou que é um time muito mais forte quando joga fechado

Lição foi dada no Rio de Janeiro e precisa ser aprendida

Guerrinha: Inter mostrou que é um time muito mais forte quando joga fechado Ricardo Duarte / Internacional/Divulgação/Internacional/Divulgação
Goleada sobre o Flamengo foi surpreendente, mas merecida Foto: Ricardo Duarte / Internacional/Divulgação / Internacional/Divulgação

Na surpreendente, mas merecida, goleada sobre o Flamengo, no Maracanã, o Inter foi um time muito bem protegido do meio para trás e cirúrgico do meio para a frente, numa prova inequívoca de que é um time muito mais forte quando joga fechado, utilizando o contra-ataque. Assim como acontecia, na maioria das vezes, nos tempos de Abel Braga.

Claro que nos jogos do Beira-Rio, independentemente do adversário, o time do técnico Aguirre vai ter uma postura diferente, sempre mais preocupado em atacar, mas a lição foi dada no Rio de Janeiro e precisa ser aprendida.

Leia mais
Por onde passou a goleada do Inter sobre o Flamengo
Desenho Tático: a estratégia de Aguirre e o domingo perfeito do Inter na goleada sobre o Flamengo

Perguntinha

Qual é o verdadeiro Inter?

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros