Homem mata e enterra mulher em Quintão, no Litoral Norte - Polícia

Versão mobile

 
 

Crime chocante06/05/2013 | 09h06

Homem mata e enterra mulher em Quintão, no Litoral Norte

Acusado alega ter empurrado a vítima, que bateu a cabeça em uma cerca

Um assassinato cruel foi descoberto pela polícia na madrugada de domingo, em Quintão, no Litoral Norte. Quando os policiais militares chegaram ao local onde Susana Griller Moraes, 34 anos, acabara de ser morta com um ferimento profundo na cabeça, encontraram o foragido Pablo Spinosa dos Santos, 21 anos, dentro do casebre ouvindo música. Ele confessou tê-la matado e foi autuado em flagrante por homicídio e ocultação de cadáver.

O corpo de Susana estava parcialmente enterrado na frente da casa, com uma espessa mancha de sangue ao redor. De acordo com o depoimento do suspeito, o crime teria ocorrido quando eles voltaram de um bar e estavam embriagados. Ele alegou aos policiais na DPPA de Tramandaí que teria empurrado a mulher contra uma cerca de madeira e a queda teria provocado a sua morte.

Conforme o delegado Valdernei Tonete, no entanto, os dados da perícia contrariam essa versão. Um pé-de-cabra todo ensanguentado foi encontrado no local e pode ter sido usado para matá-la. 

Pablo, que havia ficado 11 meses preso em Charqueadas, alegou que matou a mulher porque ela "falava demais". Ele disse que ela o teria denunciado a rivais no tráfico.

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros