Polícia começa a identificar atiradores que mataram quatro jovens em Alvorada - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Chacina em Alvorada02/03/2015 | 15h41

Polícia começa a identificar atiradores que mataram quatro jovens em Alvorada

Principal suspeita é de que traficantes do Loteamento Timbaúva, na Zona Norte de Porto Alegre, tenham invadido vila no Jardim Algarve. Vítimas morreram de graça.

Polícia começa a identificar atiradores que mataram quatro jovens em Alvorada Eduardo Torres/Diário Gaúcho
Polícia voltou ao local do crime na manhã de segunda Foto: Eduardo Torres / Diário Gaúcho
A polícia reforça a convicção de que a chacina que vitimou três adolescentes de 16 anos e um jovem de 19 anos no começo da noite de domingo, na vila Recanto do Algarve, Bairro Jardim Algarve, em Alvorada, foi cometida por criminosos vindos do Loteamento Timbaúva, na Zona Norte de Porto Alegre.

Leia mais notícias sobre homicídios
Leia mais notícias sobre tráfico de drogas

Na tarde dessa segunda-feira, as primeiras testemunhas começaram a ser ouvidas e os investigadores da Delegacia de Homicídios de Alvorada já trabalham com as primeiras possíveis identificações de suspeitos. Conforme a apuração policial, Cristian Rodrigues de Assis, 19 anos, Brayan Ildo de Andrade, Jonas Dorneles de Souza e Andrey Flores Monticelli, todos com 16 anos, foram mortos "de graça" enquanto comemoravam o aniversário de Cristian.

- Nenhum deles tinha antecedente e, ao que tudo indica, nenhuma relação com a criminalidade. Acreditamos que tenham sido mortos por estarem em grupo na esquina - afirma o chefe de investigação, Leandro de Oliveira.

A suspeita é de que traficantes da vila vizinha tenham iniciado, com esse ataque, uma invasão do Recanto do Algarve para dominar o tráfico local. Nessa segunda, os moradores começaram uma debandada de suas casas, temendo novos ataques.

Leia mais notícias do dia

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros