Polícia desarticula quadrilha comandada por traficante transferido para presídio federal  - Polícia

Versão mobile

Operação28/11/2017 | 15h54Atualizada em 28/11/2017 | 15h54

Polícia desarticula quadrilha comandada por traficante transferido para presídio federal 

 Leonardo Ramos de Souza, o Peixe, 36 anos, é apontado como responsável pela venda de entorpecentes no Morro da Embratel e estaria por trás de incêndios em ônibus na região em 2015

Polícia desarticula quadrilha comandada por traficante transferido para presídio federal  Cid Martins / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Cid Martins / Agência RBS / Agência RBS

Mais de 250 policiais civis cumpriram na manhã desta terça-feira (28) 105 mandados judiciais em Porto Alegre e em Viamão. A operação combateu organização criminosa comandada por um traficante transferido para presídio federal em agosto deste ano

Leia mais
Jovem é morto por dupla que tentava roubar sua bicicleta em São Leopoldo
Delegada detalha morte de casal torturado e queimado em SC
Polícia recebe áudios e investiga violência psicológica contra bebês em Três Passos

Foram 48 mandados de prisão temporária, 45 de busca e apreensão domiciliar, pois havia cinco adolescentes envolvidos, e 12 mandados de sequestro de veículos. Ao todo, 36 pessoas foram presas e dois adolescentes apreendidos. 

A maioria das buscas ocorreu nos bairros Glória, Partenon e Vila Cruzeiro do Sul, em Porto Alegre, mas há também dois mandados em Viamão.  Foram apreendidos quatro carros e um táxi, três armas, dois quilos de cocaína, dez quilos de maconha, quatro rádios comunicadores, mais de 60 mil pinos para embalar cocaína e cerca de R$ 10 mil. 

A investigação começou há um ano. Conforme o delegado Juliano Ferreira, da 19ª Delegacia da Capital, são dois líderes da quadrilha, mas o principal é Leonardo Ramos de Souza, o Peixe, 36 anos, transferido em agosto para presídios federais junto com outros 26 criminosos do Estado. 

Foto: Cid Martins / Agência RBS

Ele tem condenação por tráfico de drogas, é apontado como responsável pela venda de entorpecentes no Morro da Embratel, bairro Glória, e estaria por trás de incêndios em ônibus na região em 2015. 

O outro líder é Romário Alves Camargo da Cruz, atualmente preso na Penitenciária Modulada de Charqueadas. 


Monitoramento policial 

A investigação começou no dia 11 de novembro do ano passado, com a prisão de quatro traficantes. Depois, no dia 27 do mesmo mês, houve a prisão de um casal. 

Neste período de monitoramento policial, houve outras prisões, como a de uma família em apartamento no bairro Partenon no mês de outubro deste ano. Eles guardavam para a facção armas, como fuzil e pistolas, e drogas, cerca de 40 quilos de cocaína. Também embalavam a droga para a quadrilha. 

Pai, mãe e dois filhos, um casal, foram presos na residência. 

— Foi necessário fazer esta apreensão e esta prisão antes de deflagrarmos a operação hoje porque era muita droga e arma. Mesmo assim, o monitoramento continuou. Foi um duro golpe para eles — ressalta Ferreira. 

Organização  criminosa 

A quadrilha tem base no Morro da Embratel e vende todos os tipos de drogas. Além disso, está vinculada a uma facção criminosa que surgiu na Vila Cruzeiro do Sul. As vendas ocorrem em todo o bairro Glória, na Vila João Pessoa, bairro Partenon, e Vila 27, na Grande Cruzeiro. 

No entanto, a exemplo da família presa em outubro, o fracionamento e embalagem dos entorpecentes ocorrem em vários locais para evitar supostos ataques de rivais ou da polícia. A equipe da 19ª DP descobriu locais nos bairros Sarandi e Partenon, na Capital, bem como em Viamão. 

Segundo Ferreira, além dos dois líderes já presos, foram identificados vários membros da organização criminosa e todas com funções definidas. São 12 gerentes de pontos de venda de drogas, sendo seis deles os principais, incluindo a mulher do Peixe. 

Há 10 embaladores de entorpecentes, 13 vendedores, sete olheiros, três responsáveis por guardar armas e drogas e transportadores, incluindo dois taxistas identificados durante a investigação. 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros