Corpo de jovem com deficiência é encontrado enterrado no pátio de residência em Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

 

Violência27/12/2017 | 14h36Atualizada em 27/12/2017 | 14h36

Corpo de jovem com deficiência é encontrado enterrado no pátio de residência em Porto Alegre

Casal que morava com a vítima no bairro Belém Velho foi preso pela Polícia Civil e será indiciado por homicídio e ocultação de cadáver 

Corpo de jovem com deficiência é encontrado enterrado no pátio de residência em Porto Alegre Polícia Civil  / Divulgação /Divulgação
Vítima teria sido enforcada e enterrada após discussão no bairro Belém Velho Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

A Polícia Civil divulgou, na manhã desta quarta-feira (27), a prisão de um casal envolvido na morte de Bernardo Schumann Ferreira, 26 anos, desaparecido desde o dia 3 de novembro deste ano. Ele teria sido enforcado após discussão por motivos financeiros e enterrado no pátio da residência onde morava com o casal, na Estrada do Rincão, bairro Belém Velho, zona sul de Porto Alegre. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho 

A delegada Roberta Bertoldo, da 2ª Delegacia de Homicídios, diz que a vítima não tinha as mãos, parte dos dois antebraços e usava uma prótese em uma das pernas. Ferreira trabalhava em uma loja no shopping Praia de Belas. Foi o gerente do estabelecimento comercial que comunicou a família sobre o desaparecimento. O registro foi feito pela mãe de Ferreira dia 8 de novembro, cinco dias após o crime. 

Segundo a delegada, a investigação apurou que ele conheceu uma amiga nesta loja, em 2016, e foi morar com ela, o marido e três filhos no bairro Belém Velho. No entanto, ela se separou e, neste meio tempo, conheceu o atual companheiro, com o qual passou a residir, juntamente com os filhos e o jovem.

Pouco depois, a mulher ainda engravidou. Devido a dificuldades financeiras, começaram a ocorrer discussões entre o jovem e o companheiro da amiga. 

— Em depoimento, ela disse que já sabia que o companheiro tramava algo e reclamava que a vítima não estava mais ajudando com as despesas — ressalta a delegada Roberta. 

Bernardo Schumann Ferreira, 26 anos, desaparecido.
Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

No dia 3 de novembro, após uma discussão, o homem enforcou Ferreira dentro de casa. A amiga do rapaz e as três crianças estavam também na residência. Depois do crime, o celular da vítima foi vendido e imagens de câmeras de segurança comprovaram que os suspeitos usaram os cartões TRI e bancário da vítima. 

Inicialmente, o casal teve prisão temporária negada pela Justiça, mas nesta terça-feira (26), por meio de um mandado de busca e apreensão, policiais e bombeiros localizaram o corpo enterrado no pátio da residência. O homem e a mulher foram preso em flagrante por ocultação de cadáver. 

A Polícia Civil tem 10 dias para concluir inquérito também pelo crime de homicídio. No entanto, a delegada não descarta que o caso passe para latrocínio na fase da denúncia ou no processo judicial, já que a vítima teve pertences roubados. A polícia vai solicitar a prisão preventiva dos suspeitos. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho 

 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros