Ex-jogador do Grêmio tem R$ 400 mil furtados de apartamento em Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

Investigação28/12/2017 | 13h47Atualizada em 28/12/2017 | 13h47

Ex-jogador do Grêmio tem R$ 400 mil furtados de apartamento em Porto Alegre

Polícia Civil investiga mulher flagrada nas câmeras do condomínio do atleta

Ex-jogador do Grêmio tem R$ 400 mil furtados de apartamento em Porto Alegre Bruno Alencastro/Agencia RBS
Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

O ex-jogador do Grêmio Maxi Rodríguez teve uma quantia de quase R$ 400 mil furtada de dentro de seu apartamento no bairro Menino Deus, em Porto Alegre, em 21 de dezembro. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho 

O jogador registrou ocorrência na 2ª Delegacia da Polícia Civil. Ele narrou aos agentes que pegou o dinheiro, que seria parte da rescisão do contrato com o Grêmio, e levou até o apartamento. Ele teria deixado a quantia em casa e saído para jogar futebol com amigos. Quando voltou, percebeu que o dinheiro sumiu. 

A polícia abriu investigação sobre o furto. O delegado César Carrion afirma que já ouviu uma mulher suspeita, que negou envolvimento e foi liberada. O policial teve acesso a imagens de câmeras de segurança do prédio do jogador. No vídeo, uma mulher aparece saindo com um pacote, onde, possivelmente, estava o dinheiro. 

— Ele foi furtado por uma mulher que entrou no prédio. Estamos investigando pessoas ligadas ao rapaz (Maxi) — relata Carrion. 

O delegado segue procurando outras imagens de câmeras e deve ouvir, nos próximos dias, mais pessoas que possam ajudar a esclarecer o caso. 

A reportagem de GaúchaZH tenta contato com os representantes do jogador. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho 


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Mais sobre

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros