Traficantes usavam urso de pelúcia para armazenar e transportar drogas na Região Metropolitana - Polícia - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Esteio04/12/2017 | 16h44Atualizada em 04/12/2017 | 16h44

Traficantes usavam urso de pelúcia para armazenar e transportar drogas na Região Metropolitana

Ação do Denarc monitorou ação de traficantes durante o fim de semana e prendeu um casal em flagrante

Traficantes usavam urso de pelúcia para armazenar e transportar drogas na Região Metropolitana Polícia Civil/Divulgação
Casal foi preso em flagrante em operação do Denarc Foto: Polícia Civil / Divulgação

Em uma ação durante o fim de semana em Esteio, na Região Metropolitana, o Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc) descobriu que traficantes de um ponto de venda em Esteio estavam armazenando e transportando drogas dentro de um urso de pelúcia branco. Durante um monitoramento na rua Rio Grande, que iniciou na última sexta-feira (1º) e terminou na madrugada desta segunda-feira (4), um casal foi preso em flagrante.

Leia mais
Dois homens são mortos em saída de festa junto à Ponte do Guaíba, em Porto Alegre
PRF apreende no Paraná dois fuzis, pistola e quase mil munições que viriam para o RS
Traficante tem casa com piscina e alçapão secreto e construía albergue para facção 

O delegado Rafael Pereira, titular da 3ª Delegacia do Denarc, destaca que a dupla chefiava o local utilizado para o tráfico de drogas. Em todo o fim de semana, houve grande movimentação de pessoas entrando e saindo de uma residência para comprar entorpecentes. No interior da residência, os policiais civis encontraram pequenas quantidades de maconha, crack e cocaína escondidas dentro do urso de pelúcia. 

Em depoimento, o casal preso confirmou que o objetivo era não chamar a atenção da polícia, inclusive durante o transporte das drogas entre o fornecedor e o ponto de vendas. Pereira destaca que a investigação terminou na manhã desta segunda-feira. O objetivo foi tentar prender mais suspeitos já identificados.

— O objetivo também é chegar no traficante que está fornecendo drogas para este e outros pontos investigados em Esteio — informa Pereira. 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros