Polícia abre inquérito para investigar golpe contra mãe de vítima de acidente com oito mortes - Polícia

Versão mobile

 

Sul do RS11/01/2018 | 10h53Atualizada em 11/01/2018 | 10h53

Polícia abre inquérito para investigar golpe contra mãe de vítima de acidente com oito mortes

Maria Ferreira, 52 anos, acreditou que um falso médico salvaria a vida do filho e depositou R$ 1,5 mil na conta dele

GaúchaZH
GaúchaZH

A Polícia Civil investiga o golpe do falso médico praticado contra Maria Ferreira, 52 anos, mãe de Jonathan Ferreira da Silveira, uma das vítimas do acidente que causou a morte de oito pessoas na BR-471, em Santa Vitória do Palmar, em 1º de janeiro. O delegado responsável pelo caso, Maiquel San Martins Fonseca, titular da 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Rio Grande, afirmou que foi aberto inquérito para apurar o crime.

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Jonathan, que estava internado desde a data do acidente, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de terça-feira (9).

Na última sexta-feira (5), a mãe do jovem — que estava internado em estado gravíssimo no Hospital Santa Casa de Rio Grande — recebeu ligação de uma pessoa se passando por médico, solicitando o depósito de R$ 1,5 mil para realização de um procedimento no ferido. Após efetuar o pagamento, via depósito bancário, o criminoso revelou que Maria havia caído em um golpe.

Segundo o titular da 1ª DP, o primeiro passo da investigação será colher o depoimento da mulher para tentar montar o perfil do suspeito.

— Vamos apurar para ver de onde foi feita a ligação. As vezes não é nem do Estado que os criminosos fazem esse tipo de golpe — explicou o delegado.

Quinto filho de uma família com seis irmãos, Jonathan morava sozinho e trabalhava em um supermercado. No último dia de 2017, ele trabalhou e depois passou a virada do ano com os amigos da igreja que frequentava. No dia seguinte, fez parte de um comboio de seis carros, com os mesmos conhecidos, que tinha como destino a Praia da Capilha, em Rio Grande. No meio do caminho, o Fiesta em que estava colidiu frontalmente com um táxi.

 Acidente na BR 471 com sete mortos em Santa Vitória do Palmar
Acidente causou oito mortes no sul do EstadoFoto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação

Outras sete pessoas morreram na colisão. No Fiesta, além de Jonathan, estavam Janete Martins Lima, 43 anos, Celis Maria de Oliveira Gril, 51, e Maria Elena Martins, de 68 anos. Todas morreram no local.

Os ocupantes do táxi foram identificados como Maurício Popow, 46 anos, que conduzia o veículo, e os cubanos Reynaldo Delgado Díaz, 45 anos, Niurka García Roque, 46, Osmani Hidalgo Leyva, 21. O quarto estrangeiro passageiro do veículo, Armando Sosa Gonzalez, 24 anos, está internado na Santa Casa de Rio Grande. 

Investigações apontam que os caribenhos são parte de novo fenômeno migratório que sai do Caribe em direção à América do Sul. A maioria tenta fazer de Montevidéu um trampolim para os Estados Unidos. 

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros