Três suspeitos são presos com mais de 800 mil maços de cigarro em Canoas - Polícia

Versão mobile

 

Flagrante de contrabando06/02/2018 | 10h29Atualizada em 06/02/2018 | 10h29

Três suspeitos são presos com mais de 800 mil maços de cigarro em Canoas

Policiais encontraram 10 carros, celulares e R$ 29 mil em espécie, além de uma nota de R$ 20 falsa

Três suspeitos são presos com mais de 800 mil maços de cigarro em Canoas Policia Civil/Divulgação
Policiais encontraram 10 carros, celulares e R$ 29 mil em espécie, além de uma nota de R$ 20 falsa Foto: Policia Civil / Divulgação

 Uma denúncia sobre a existência de um depósito de produtos ilícitos levou agentes da Polícia Civil a um centro de distribuição de cigarros contrabandeados em Canoas, na Região Metropolitana. As ações, que ocorreram na tarde desta segunda-feira (5), resultaram nas prisões em flagrante de três homens que estavam sob posse de 872,8 mil maços de origem estrangeira. A carga foi avaliada em R$ 43,6 mil.  

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Os policiais também encontraram 10 carros possivelmente utilizados no transporte das mercadorias, celulares e uma quantia de R$ 29 mil em espécie, além de uma nota de R$ 20 falsa.

 CANOAS, RS, BRASIL, 06-02-2017. Polícia Civil prende três e apreende mais de 800 mil maços de cigarro contrabandeado em Canoas (POLICIA CIVIL/DIVUGAÇÃO)
Foto: Policia Civil / Divulgação

O trio foi preso pelos crimes de contrabando, com penas entre dois a cinco anos de reclusão, e moeda falsa, com penas entre três e 12 anos de reclusão. Durante a manhã desta terça-feira (6), eles ainda aguardavam transferência para o sistema prisional. Eles não tiveram os nomes divulgados pela investigação. 

 CANOAS, RS, BRASIL, 06-02-2017. Polícia Civil prende três e apreende mais de 800 mil maços de cigarro contrabandeado em Canoas (POLICIA CIVIL/DIVUGAÇÃO)
Foto: Policia Civil / Divulgação

 Para o delegado Alexandre Fleck, titular da delegacia de furtos e roubos,  o local era utilizado como um centro de distribuição da carga contrabandeada. Além da grande quantidade de caixas estocadas em carros e pelas dependências do prédio, imagens registradas pelos policiais mostram alguns dos veículos apreendidos carregados com as mercadorias. Quase todos os carros possuem porta-malas espaçosos ou são feitos para transportar cargas, como Fiat Fiorino e Renault Kangoo, por exemplo.  

 Eles não quiseram dar detalhes sobre o local. Apenas disseram que tinham ido até lá para comprar cigarros  afirmou o delegado. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros