Criminosos usam explosivos para roubar cofre em agência bancária de Arroio dos Ratos - Polícia

Versão mobile

 

Ataque a banco25/03/2018 | 14h30Atualizada em 25/03/2018 | 14h30

Criminosos usam explosivos para roubar cofre em agência bancária de Arroio dos Ratos

Diferente dos ataques já ocorridos no Rio Grande do Sul, desta vez, o alvo dos criminosos foi o cofre do banco, e não os caixas eletrônicos, que permaneceram intactos

Criminosos usam explosivos para roubar cofre em agência bancária de Arroio dos Ratos Polícia Civil Arroio dos Ratos/Divulgação
Diferentemente dos ataques ocorridos no último mês no Estado, desta vez, o alvo dos criminosos foi o cofre do banco Foto: Polícia Civil Arroio dos Ratos / Divulgação

A agência da Caixa Econômica Federal de Arroio dos Ratos foi atacada por volta de 1h40min desta sexta-feira (23). Conforme a Polícia Civil, pelo menos seis criminosos armados, possivelmente com fuzis, atiraram contra os vidros da agência e invadiram o local até chegarem nas salas em que fica o cofre. 

Leia mais
Criminosos explodem caixa eletrônico em Santo Antônio da Patrulha, no Litoral Norte
Após segundo ataque a bancos e estabelecimentos, município da Região Central tem reforço no policiamento
RS registra um ataque a banco a cada 37 horas

Diferente dos ataques já ocorridos no Rio Grande do Sul, desta vez, o alvo dos criminosos foi o cofre do banco, e não os caixas eletrônicos, que permaneceram intactos. 

Conforme a polícia, a agência, que fica no centro da cidade, sofreu pelo menos quatro explosões. A parte dos fundos do local ficou completamente destruída e os policiais encontraram diversas cédulas pelo chão. Não houve reféns durante a ação. 

A polícia investiga se os bandidos fugiram em dois ou mais veículos. Na hora da ação, apenas dois policiais da Brigada Militar estavam de plantão na cidade durante a madrugada. Por se tratar da Caixa Econômica Federal, a Polícia Federal vai assumir a investigação do caso.

Clique na imagem para ver mais fotos

ataque banco arroio dos ratos
Conforme a polícia, a agência, que fica no centro da cidade, sofreu pelo menos quatro explosõesFoto: Ronaldo Bernardi


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros