Dois suspeitos são mortos a tiros pela BM na zona leste de Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

 

Confronto armado22/03/2018 | 10h58Atualizada em 22/03/2018 | 10h58

Dois suspeitos são mortos a tiros pela BM na zona leste de Porto Alegre

Foram apreendidas armas, rádio comunicador, colete à prova de balas e dinheiro

Dois suspeitos são mortos a tiros pela BM na zona leste de Porto Alegre Brigada Militar / Divulgação/Divulgação
Submetralhadora, escopeta e pistola apreendida na segunda ocorrência atendida pela BM Foto: Brigada Militar / Divulgação / Divulgação

Dois suspeitos de participarem de tiroteios na região da Vila Maria da Conceição, no bairro Partenon, em Porto Alegre, foram mortos a tiros por policiais militares entre a noite de quarta-feira e a madrugada desta quinta (22). 

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

De acordo com a 1ª Delegacia de Homicídios, que investiga crimes na região, o primeiro caso foi às 21h45min, na Rua Irmã Nely. A Brigada Militar (BM) foi chamada após a informação de que dois homens armados estavam impondo um toque de recolher aos moradores. Policiais do 19º Batalhão de Polícia Militar alegam que foram recebidos a tiros e, por isso, reagiram. 

Morreu no local Dionatan Aires Rodrigues, de 23 anos. Conforme o delegado Rodrigo Reis, o nome dele aparece em inquéritos sobre homicídios e tráfico de drogas na região. Um fuzil 5.56 foi localizado próximo ao corpo.

Cerca de 4h depois, um novo chamado ao 190 informava agora a presença de 12 criminosos armados em ruas do bairro. Policiais do 1º Batalhão de Operações Especiais (BOE) em incursão a pé pelos becos da vila contam que foram atacados a tiros por criminosos e revidaram. Um homem, ainda não identificado, morreu no local. Foi apreendido com ele uma pistola, rádio comunicador e dinheiro. Próximo ao corpo, os policiais também apreenderam uma submetralhadora, uma espingarda calibre 12 e um colete à prova de balas. 

Mulher ferida

Durante os confrontos, uma mulher também foi baleada e socorrida a hospital. A Polícia Civil tenta desvendar se ela era alvo dos atiradores ou se foi atingida por uma bala perdida. 

De acordo com a investigação, a Vila Maria da Conceição vem sofrendo com confrontos entre traficantes e teve um aumento nos casos de homicídio. O motivo seria a investida de uma facção para retomar os pontos de vendas de drogas. 

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros