Ladrões invadem casa de padres em Santa Maria e fogem com R$ 15 mil na cueca - Polícia

Versão mobile

 

NA SACRISTIA02/03/2018 | 10h48Atualizada em 02/03/2018 | 10h48

Ladrões invadem casa de padres em Santa Maria e fogem com R$ 15 mil na cueca

Um sacerdote e uma funcionária foram trancados no banheiro durante a ação. Dupla foi capturada poucas horas depois


A atitude suspeita e a quantia expressiva de dinheiro, cerca de R$ 15 mil, em local impróprio – dentro de uma cueca – levaram a polícia a prender dois criminosos por assalto a uma casa de padres, em Santa Maria. O caso aconteceu na tarde de quarta-feira (28), por volta das 15h, quando os ladrões invadiram a residência, no bairro Cerrito, e renderam o religioso e a empregada que trabalha no local.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Enquanto os bandidos vasculhavam a casa em busca de dinheiro, de bens e de eletroeletrônicos, o padre de 49 anos e a funcionária de 39 anos foram mantidos trancados por cerca de uma hora no banheiro.

Segundo a polícia, os criminosos fugiram com R$ 15 mil em dinheiro e vários objetos, como notebook, relógios, televisores, roupas e carne.

Os assaltantes, que estavam armados, não agrediram o padre nem a mulher. Logo após o roubo, a dupla fugiu no carro do religioso, um Gol, que foi abandonado instantes depois da ação.

Criminosos cumpriam pena no regime semiaberto

Por volta das 17h, os bandidos, que cumpriam pena no regime semiaberto, abandonaram o veículo e fugiram em uma motocicleta. A dupla foi abordada na BR-287 (Faixa Nova de Camobi) por policiais do Batalhão Rodoviário da Brigada Militar que suspeitaram da atitude.

Ambos cumpriam pena por diversos crimes, entre eles formação de quadrilha, homicídio, tentativa de homicídio, roubo e tráfico de drogas.

Ao serem revistados, os policiais constataram que a quantia de R$ 15 mil em dinheiro estava escondida na cueca de um dos criminosos. A dupla não soube explicar a procedência do dinheiro e admitiu o crime.

Ambos foram encaminhados à Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm). Os criminosos foram reconhecidos pelas vítimas. O carro e os objetos do padre foram recuperados ainda na quarta-feira.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros