Padrasto é preso em Alvorada por abusar de enteada adolescente - Polícia

Versão mobile

 

Violência sexual01/03/2018 | 13h49Atualizada em 01/03/2018 | 13h49

Padrasto é preso em Alvorada por abusar de enteada adolescente

Polícia Civil afirma que vítima era atacada repetidamente desde os cinco anos de idade

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira (1º) um homem de 54 anos no bairro Piratini, em Alvorada. Ele estava foragido há seis anos após ter sido condenado pelo abuso sexual de uma adolescente, que é sua enteada,  desde os cinco anos de idade. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

A prisão, decorrente de uma sentença penal condenatória de 2012, foi realizada pela Delegacia de Capturas do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). O delegado Arthur Raldi diz que não houve resistência. 

O nome do preso não foi divulgado. O caso está em segredo de justiça por se tratar de adolescente vítima de abuso sexual. Não foram repassados muitos detalhes para não expor a vítima. Raldi apenas destaca que ela era constantemente ameaçada de morte caso denunciasse os abusos. Na adolescência, após vários anos sendo vítima do padrasto, ela informou o fato à mãe, que procurou a polícia. O homem foi encaminhado ao sistema penitenciário. 

Outros casos de abuso sexual podem ser denunciados pelo telefone: 0800 510 2828 ou pelo WhatsApp: 51 - 98418 7814.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros