Preso condenado por tentar matar a mulher com uma talhadeira em Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

 

Golpes na cabeça19/03/2018 | 14h36Atualizada em 19/03/2018 | 14h36

Preso condenado por tentar matar a mulher com uma talhadeira em Porto Alegre

Criminoso de 61 anos terá de cumprir pena de 12 anos de reclusão

 A Polícia Civil prendeu na manhã desta segunda-feira (19), no bairro Sarandi, na zona norte de Porto Alegre, um homem de 61 anos condenado por tentar matar a mulher no ano de 2009 na  região da Vila Minuano, também na Zona Norte. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

O mandado de prisão decorrente de sentença condenatória de 12 anos de reclusão foi expedido neste mês após fim do processo judicial. O réu usou uma talhadeira, ferramenta de 30 centímetros usada em trabalhos com madeira, para atingir várias vezes a companheira, principalmente, na cabeça. 

O nome do preso não foi divulgado pela Delegacia de Capturas do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). O delegado Arthur Raldi diz que se trata de uma tentativa de homicídio triplamente qualificado. Na época do crime, a mulher foi levada para o hospital em estado grave, onde permaneceu internada na UTI por diversos dias. 

O companheiro dela, em um primeiro momento, havia alegado que a vítima teria sofrido uma queda. No entanto, familiares desconfiaram e alertaram a polícia. Foram encontradas provas que desmentiam a versão do então suspeito, que inclusive desfez a cena do crime. 

A polícia conseguiu localizar e aprender a talhadeira. O crime teria sido motivado devido constantes desentendimentos entre o casal, bem como agressões à mulher. Logo após a violência contra a vítima, o homem foi visto retirando vários pertences da residência. 

O nome da vítima também não foi divulgado, mas neste caso para não expor ainda mais a mulher que ainda precisou de medidas protetivas.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros