Dupla com arma de plástico é morta pela BM após perseguição em Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

 

Zona sul27/04/2018 | 07h32

Dupla com arma de plástico é morta pela BM após perseguição em Porto Alegre

PMs envolvidos na ocorrência alegam que uma segunda arma, verdadeira, foi jogada pelos suspeitos da janela do carro roubado, mas ela não foi localizada

Dupla com arma de plástico é morta pela BM após perseguição em Porto Alegre Brigada Militar / Divulgação/Divulgação
Pistola de brinquedo foi apreendida pelos PMs após perseguição a carro roubado Foto: Brigada Militar / Divulgação / Divulgação

Dois homens foram mortos a tiros por policiais militares após uma perseguição de uma viatura a um carro roubado no bairro Camaquã, em Porto Alegre, na madrugada desta quinta-feira (26). Com a dupla, foi encontrada com uma pistola de plástico. 

Leia mais
MP denuncia motorista bêbado que matou idosa na Cidade Baixa
Suspeito de matar ex-companheira e sogra se apresenta à Polícia Civil
Justiça liberta 137 presos suspeitos de integrar milícia no Rio de Janeiro

De acordo com o relato dos PMs, os dois suspeitos estavam em um Onix roubado e vinham sendo monitorados por uma viatura discreta. Eles teriam desobedecido a ordens de parada dadas pela guarnição na Rua Campos Velho. Com o apoio de uma outra viatura, esta com o logotipo da Brigada Militar, a perseguição durou cerca de 30 minutos e se estendeu por várias ruas da zona sul. 

No cruzamento da Rua Doutor Pereira Neto com a Rua Vitor Silva, os suspeitos pararam o carro. Os PMs alegam que o que estava na carona desceu do carro com a arma de brinquedo na mão e apontou contra a guarnição, que reagiu e matou ele e o que dirigia. Eles foram identificados como Eduardo Dias Corrêa, 20 anos, e Gabriel Marques Fernandez, 22. 

Os PMs afirmam que somente depois verificaram que a arma era falsa. Eles garantem que uma outra arma, esta verdadeira, foi atirada pela dupla pela janela do carro. Esta arma, no entanto, não foi encontrada. Também não há confirmação de que os suspeitos tenham efetuado disparos.

O carro roubado foi atingido por vários tiros, tendo quebrado os vidros laterais e traseiro. O veículo ficou parado na rua das 3h30min até pouco antes das 7h, quando foi recolhido. 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros