Motorista cadeirante do Uber é assaltado na Capital; BM procura bandidos em matagal - Polícia

Versão mobile

 

Violência19/04/2018 | 10h06Atualizada em 19/04/2018 | 10h06

Motorista cadeirante do Uber é assaltado na Capital; BM procura bandidos em matagal

Um dos suspeitos foi preso após cerco de mais de uma hora em matagal na zona sul

Motorista cadeirante do Uber é assaltado na Capital; BM procura bandidos em matagal Brigada Militar/Divulgação
Um dos suspeitos foi preso pela BM no início da manhã; PMs afirmam que ele portava a carteira da vítima Foto: Brigada Militar / Divulgação

Um motorista cadeirante do Uber foi assaltado, na madrugada desta quinta-feira (19), durante uma corrida no bairro Campo Novo, na zona sul de Porto Alegre. De acordo com a Brigada Militar, quatro assaltantes renderam o condutor no seu Palio Weekend, obrigaram que ele dirigisse por alguns quilômetros e depois o abandonaram na Estrada Gedeon Leite. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

A vítima foi deixada junto com a cadeira de rodas em um matagal. Ele estava com um celular no bolso e pediu ajuda para outros motoristas do Uber, que o socorreram. Depois disso, eles procuraram pelo veículo através do sinal do rastreador, que apontava para a Rua dos Arachanes, no bairro Espírito Santo. Os motoristas foram até o local, junto com PMs, onde foi feito o cerco. 

Moradores informaram aos policiais que os criminosos pularam muros e esconderam-se em um matagal. O cerco com viaturas permaneceu no local até as 5h, mas não deu resultado. Depois de deixar o local, já por volta das 7h, a BM foi chamada novamente, após o dono de uma casa ter ouvido barulhos, e localizou um suspeito escondido no terreno de uma casa. Ele teria invadido a propriedade por estar ferido após pular um muro.

O preso tem 18 anos e foi localizado, segundo a BM, com a carteira da vítima. Ele foi levado para o Palácio da Polícia.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros