Polícia busca câmeras de segurança para desvendar morte de cinegrafista - Polícia

Versão mobile

 

Violência na Capital02/04/2018 | 09h09

Polícia busca câmeras de segurança para desvendar morte de cinegrafista

Confundido com outra pessoa, Nilson da Silva Ferreira, de 41 anos, terceirizado da TV Assembleia, foi executado dentro de casa, no sábado à tarde, no bairro Menino Deus

Polícia busca câmeras de segurança para desvendar morte de cinegrafista Divulgação/TV Assembleia
Ferreira estava dormindo quando dois criminosos invadiram a casa da família, encontraram-no e fizeram mais de 10 disparos Foto: Divulgação / TV Assembleia

Na manhã desta segunda-feira (2), a Polícia Civil vai coletar imagens de câmeras de segurança localizadas no entorno da casa onde foi morto o cinegrafista Nilson da Silva Ferreira, de 41 anos.

Os investigadores buscam identificar os dois homens que, na tarde de sábado, invadiram a residência da Rua Barão do Cerro Largo, em Porto Alegre, e executaram o profissional, que prestava serviços para a TV Assembleia por meio de uma empresa terceirizada. 

- Ainda não temos novidades sobre o caso, mas há várias diligências previstas para a segunda-feira, como oitivas. O que sabemos é que ele foi morto por engano - disse a delegada Elisa Souza, da 6ª Delegacia de Homicídios, que vai ficar responsável pelo caso.

Leia mais
Cinegrafista é morto a tiros no bairro Menino Deus, em Porto Alegre
Jovem é baleado na cabeça após discussão em Santa Cruz do Sul
Jornal carioca localiza duas testemunhas do assassinato da vereadora Marielle Franco

O crime ocorreu às 13h30min. Os dois criminosos invadiram a casa do bairro Menino Deus, onde Ferreira residia com a mãe, perguntando pelo nome de outra pessoa. Além da mãe, estavam na residência a avó do cinegrafista, um irmão e uma irmã. Apesar de os familiares terem dito que a pessoa buscada não se encontrava, os homens revistaram a casa e depararam com Ferreira em um dos quartos, dormindo. Ele foi atingido por pelo menos 10 disparos.

- Familiares da vítima disseram que os criminosos estavam procurando outro rapaz, que é casado com uma familiar da vítima. Esse alvo dos atiradores teria envolvimento com o crime e estaria sendo ameaçado. Encontramos no local do crime cerca de 15 estojos de 9mm - relatou o delegado plantonista Leandro Bodoia, que realizou o atendimento da ocorrência.

Natural de Porto Alegre, Ferreira completou 41 anos no último dia 19. Ele tinha formação como técnico agrícola, mas trabalhou em uma imobiliária, fazendo serviços de cinegrafista em aniversários e casamentos nos finais de semana. Acabou adotando a profissão em tempo integral. Havia sete anos era funcionário da Eixo Z Produtora, que presta serviços para a Assembleia Legislativa. O diretor da empresa, Abelardo Meotti, disse que Ferreira sempre foi um colaborador exemplar e muito querido pelos colegas de trabalho.

-  Ele era um profissional muito competente. Uma pessoa muito regrada, que se dava muito bem com todos os colegas. 

Separado, o cinegrafista deixa dois filhos, um rapaz de 16 anos e uma menina de 14. Uma das irmãs, Lucimara da Silva, 32 anos, conta que as atividades preferidas dele eram jogar futebol e sair com amigos. 

- Ela era muito bom, alegre e prestativo. Ajudava todo mundo - descreveu.

Ferreira foi sepultado na manhã deste domingo no Cemitério São Miguel e Almas. Amigos e colegas revelaram-se comovidos com a perda. A repórter da TV Assembleia Enni Figueiredo disse que o cinegrafista era um profissional exemplar:

- Era um profissional maravilhoso. Um cara super do bem, muito dedicado. 

A coordenadora da TV Assembleia, Michele Limeira, lamentou a morte do colega, que, segundo ela, era um dos melhores profissionais do departamento:

- Era um dos nossos melhores profissionais. Era competente, confiável e parceiro para tudo. Estava sempre disposto e atendia aos presidentes da Assembleia havia muito tempo. Era querido por todos os colegas. 

O repórter cinematográfico da Assembleia Darlan Gomes Martins afirmou que Ferreira era uma pessoa "sempre de bem com a vida" e de "excelente caráter".


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros