Polícia Civil identifica suspeito da morte de motorista do Uber em Tramandaí  - Polícia

Versão mobile

 

Litoral Norte10/04/2018 | 15h00Atualizada em 10/04/2018 | 15h00

Polícia Civil identifica suspeito da morte de motorista do Uber em Tramandaí 

Delegado responsável pelo caso pediu à Justiça a prisão temporária do homem, que não teve o nome revelado

A Polícia Civil identificou o suspeito da morte do motorista do Uber Luiz Eugênio de Goes, 38 anos.  O crime ocorreu no último domingo (8) em Tramandaí, no Litoral Norte. O delegado Paulo Perez, que investiga o caso, já solicitou à Justiça a prisão temporária do suspeito, que não teve o nome revelado.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Segundo ele, há provas provas suficientes sobre a autoria do crime, principalmente depois que o veículo foi periciado em busca de digitais e material genético. Não há outros suspeitos envolvidos. Sobre a motivação, Perez diz que ainda precisa prender e ouvir o criminoso para divulgar maiores detalhes.

A polícia trabalha com duas linhas de investigação: execução e latrocínio. Esta última é a principal até o momento, já que o veículo Gol do motorista do Uber foi levado pelo suspeito. O carro foi encontrado no próprio município de Tramandaí, 14 horas depois do crime.

A vítima, que não tinha antecedentes criminais, deixou mulher e dois filhos, sendo um deles com apenas três meses de idade. No final da tarde domingo, colegas do motorista e taxistas fizeram uma carreata no centro do município pedindo mais segurança.

Em nota, a Uber lamentou a morte e informou que, em análise preliminar, Goes não realizava uma viagem pelo aplicativo no momento da ocorrência. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros