Polícia Civil prende padrasto acusado de abusar sexualmente de criança em Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

 

Violência Sexual 25/04/2018 | 12h08Atualizada em 25/04/2018 | 12h08

Polícia Civil prende padrasto acusado de abusar sexualmente de criança em Porto Alegre

Homem de 40 anos, com antecedentes por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, maus tratos, entre outros, foi preso no bairro Restinga

 Um homem de 40 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (25) pela Delegacia de Capturas do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) no bairro Restinga, zona sul de Porto Alegre. Ele é investigado por ter abusado sexualmente da enteada de nove anos na mesma região no ano de 2009. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

O delegado Arthur Raldi, responsável pela ação, informou que o suspeito tinha um mandado de prisão preventiva contra ele por estupro de vulnerável. O fato só foi percebido pela mãe da criança quando viu sangue nas roupas íntimas da vítima. A menina ficava sozinha em casa com o padastro enquanto ela trabalhava.

O criminoso é apontado por ter abusado várias vezes da enteada. A mãe da menina registrou ocorrência na Polícia Civil e, ao ser investigado, o companheiro dela fugiu. Ele foi localizado somente hoje, anos depois do fato.

O suspeito tem passagem pela polícia por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, maus tratos, entre outros crimes. O nome do investigado não foi divulgado para preservar a identidade da vítima. Denúncias de casos como este podem ser feitas pelo telefone 0800 510 2828. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros