Policiais presos por morte de idoso em Alvorada negam participação no crime - Polícia

Versão mobile

 

Violência11/04/2018 | 07h42

Policiais presos por morte de idoso em Alvorada negam participação no crime

Três soldados foram presos pela corregedoria-geral da Brigada Militar

Policiais presos por morte de idoso em Alvorada negam participação no crime Arquivo pessoal / Arquivo pessoal/Arquivo pessoal
lceu Pieretti Barra, 69 anos, foi encontrado morto na frente de casa em Alvorada Foto: Arquivo pessoal / Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

Os três soldados da Brigada Militar presos suspeitos de assassinar um idoso no bairro Formoza, em Alvorada, negaram participação no crime. Os policiais prestaram depoimento durante toda a tarde de segunda-feira (9) na Delegacia de Homicídios da cidade.

Leia mais
Como é viver na cidade mais violenta do Rio Grande do Sul
Prisão de PMs suspeitos de assassinar idoso em Alvorada surpreende filho da vítima
Policial vira réu por tentar matar vizinhos em Porto Alegre

A investigação da Corregedoria-Geral da Brigada Militar iniciou-se após uma denúncia anônima, que teria indicado a participação de policiais na morte de Alceu Pieretti Barra, 69 anos. O aposentado foi encontrado sem vida na noite de quinta-feira (5), com diversos ferimentos pelo corpo.

No dia do crime, um grupo de policiais estava jogando futebol no ginásio que fica na frente da casa do idoso. A vítima era frequentadora assídua do local e chegou a entrar no ginásio durante a confraternização dos militares. Na saída, teria sido seguida pelos suspeitos até sua casa. A situação foi filmada por câmeras de segurança encontradas pela investigação.

Além disso, conforme a denúncia anônima que chegou à Brigada Militar, um dos soldados retornou para o ginásio com a roupa suja de sangue. Para a investigação e familiares, a motivação do crime segue sendo um mistério. O que se sabe, de acordo com a Polícia Civil, é que os policiais beberam durante todo o dia no ginásio. Por isso, o delegado apura se alguma briga foi registrada dentro do estabelecimento.

Os três PMs estão no Presídio Policial Militar, em Porto Alegre, onde podem ficar presos por até 30 dias. O inquérito deve ser concluído em até 10 dias, conforme a Polícia Civil.

Três policiais suspeitos da morte de Alceu Pieretti Barra, 69 anos, em Alvorada foram presos em Alvorada. Motivo ainda é desconhecido. Câmeras de segurança flagraram dois PMs seguindo o idoso até a casa dele, que fica do outro lado da rua de um ginásio de futebol.
Idoso era frequentador assíduo do ginásio, que fica na frente da casa deleFoto: Lucas Abati / Agência RBS


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros