Delegacia da Mulher investiga morte em motel na zona sul de Porto Alegre - Polícia

Vers?o mobile

 

Crime04/10/2018 | 16h40Atualizada em 04/10/2018 | 16h40

Delegacia da Mulher investiga morte em motel na zona sul de Porto Alegre

Corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira (3), horas após a vítima ter chegado ao estabelecimento com um homem

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Porto Alegre investiga a morte de um mulher, cujo corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira (3) em um quarto de motel na Rua Conselheiro Xavier da Costa, no bairro Ipanema, na Zona Sul. De acordo com o que a polícia apurou no local, havia marcas de violência. No entanto, a causa da morte e a vítima ainda não foram identificadas.

Leia mais
Homem que matou mulher e o amante em motel se entrega à polícia em Candelária
Ladrões rendem funcionário e assaltam motel em Porto Alegre

Funcionários do estabelecimento disseram que a mulher chegou ao motel na noite de terça-feira (2) com um homem, em um Santana bordô. Durante a madrugada, ele teria saído do local.

— Quando saiu, ele disse que iria comprar um lanche e já voltaria — conta uma funcionária do estabelecimento que, por questões de segurança, pede para não ser identificada.

Na troca de turno das equipes de trabalho, às 7h, uma das funcionárias que assumiu os postos foi comunicada de que havia uma pessoa sozinha em um dos quartos. Era a mulher vista entrando com o homem que saiu para comprar lanches e que, até aquele momento, não havia retornado.

Inicialmente, tentaram contatá-la tocando o interfone do apartamento. Como não obtiveram resposta, os funcionários fizeram uso da chave reserva para entrar no local.

— De cara, vimos a mulher caída, no chão — relembra a mulher.

Mesmo não tendo sido identificada, a vítima foi reconhecida como cliente que havia estado outras duas vezes no local, pelos funcionários do estabelecimento, que foram levados ao Palácio da Polícia para prestar depoimento.  

Após a descoberta do corpo, policiais do Departamento de Homicídios foram ao motel e, diante das evidências de que a vítima havia sido agredida, repassaram o caso à Deam.   

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros