Posto de saúde assaltado em Porto Alegre só será reaberto na segunda-feira - Polícia

Versão mobile

 

Prejuízo à população25/10/2018 | 21h11Atualizada em 25/10/2018 | 21h11

Posto de saúde assaltado em Porto Alegre só será reaberto na segunda-feira

Cerca de 300 pessoas deixaram de ser atendidas nesta quinta-feira (25) e outras 300 terão consultas remarcadas na sexta

Posto de saúde assaltado em Porto Alegre só será reaberto na segunda-feira Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Brigada Militar guarnecia o prédio na manhã desta quinta-feira (25) Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Além das ameaças, agressões e roubos de objetos pessoais e da Unidade de Saúde Barão de Bagé, na Rua Araruama, no bairro Vila Jardim, zona norte de Porto Alegre, na tarde de quarta-feira (24), os assaltantes deixaram cerca de 600 pessoas sem atendimento nesta quinta-feira (25) e na sexta-feira (26). Durante esses dois dias, médicos e demais servidores do posto vão debater medidas de segurança e receberão apoio pelos traumas deixados. A unidade de saúde será reaberta na segunda-feira.

Leia mais
Posto de saúde é assaltado na zona norte de Porto Alegre
Após assalto, posto de saúde não abre para atendimento em Porto Alegre

O assalto ocorreu por volta das 15h de quarta-feira, quando três homens armados ingressaram no local, ameaçaram e agrediram pessoas, roubaram pertences pessoais e objetos do posto e fugiram no Ônix preto de uma médica residente. 

No momento do assalto, havia cerca de 25 funcionários e 15 usuários do posto. Alguns demoraram a perceber o que estava acontecendo, caso de uma médica. Ela saiu de uma das salas e seguiu caminhando normalmente pelo corredor da unidade. Por achar que ela tentava fugir, um dos criminosos a agrediu com uma coronhada.





 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros