Posto de saúde é assaltado na zona norte de Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

 

Violência25/10/2018 | 21h09Atualizada em 25/10/2018 | 21h09

Posto de saúde é assaltado na zona norte de Porto Alegre

Pelo menos três criminosos invadiram o local. Celulares e um veículo foram roubados

A Unidade de Saúde Barão de Bagé, na Rua Araruama, no bairro Vila Jardim, zona norte de Porto Alegre, foi alvo de assaltantes, em plena luz do dia. Pelo menos três criminosos armados invadiram o local, por volta das 15h desta quarta-feira (24), segundo a Brigada Militar (BM). O trio roubou pertences de funcionários e de pessoas que aguardavam atendimento no local. Segundo a BM, um veículo também foi roubado na ação e uma funcionária foi agredida pelos bandidos.

Leia mais
Moradores da zona norte de Porto Alegre protestam pelo terceiro dia consecutivo
Três agências dos Correios são alvo de criminosos no Estado
Três são presos após protestos motivados por boatos de sequestros de crianças em Porto Alegre

A reportagem conseguiu contato com uma pessoa que atua na unidade. Sob condição de anonimato, ela informou que os criminosos invadiram o local, pediram que as vítimas entregassem os celulares e ficassem deitadas. Segundo a mulher — que descreveu a situação como apavorante —, as pessoas no local demoraram para perceber que se tratava de um assalto.

— Uma colega não estava conseguindo achar o celular dentro da bolsa. Eles falaram que iam atirar na cabeça dela. Todo mundo começou a gritar. (...) Eles começaram a gritar que queriam um carro. Só saíram da unidade quando conseguiram a chave de um deles — disse.

A vítima informou que cerca de 25 funcionários e 15 pacientes estariam no local durante o assalto.

A prestadora de serviços também informou que uma médica, que estava atendendo um paciente em uma das salas, saiu da peça e começou a caminhar pelo corredor da unidade. Ao perceber a ação, os criminosos teriam desconfiado de que ela estaria tentando fugir ou recuperar algum pertence:

— Eles foram bem violentos com ela. Deram uma coronhada na médica.

Segundo a BM, o caso deve ser encaminhado para a 14ª Delegacia de Polícia (DP) da Capital.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros