Polícia indicia 11 pessoas por comprarem celulares roubados  - Polícia

Vers?o mobile

 

Porto Alegre22/11/2018 | 21h43Atualizada em 22/11/2018 | 21h44

Polícia indicia 11 pessoas por comprarem celulares roubados 

Aparelhos pertenciam a uma loja do shopping Iguatemi que foi assaltada no mês de junho

Polícia indicia 11 pessoas por comprarem celulares roubados  Ascom/Polícia Civil
O delegado João Paulo Abreu disse que os clientes sabiam que os equipamentos estavam muito abaixo do preço de mercado Foto: Ascom / Polícia Civil

Onze pessoas vão responder pelo crime de receptação por comprarem celulares que foram roubados de uma loja do shopping Iguatemi, em Porto Alegre, no mês de junho. De acordo com o delegado João Paulo Abreu, da Delegacia de Roubos e Repressão de Crimes do Deic, os clientes sabiam que os aparelhos estavam muito abaixo do preço de mercado.

Leia mais
Polícia faz operação para recuperar celulares roubados em shopping na zona norte de Porto Alegre
Loja de celulares é assaltada dentro de shopping na zona norte de Porto Alegre

— A sociedade tem que compreender que não é possível comprar aquele produto por metade do valor ou até abaixo dele, ainda mais quando é novo. É a ganância do ser humano, de comprar algo que ele não vai acessar por aquele valor — afirma o policial.

Três dos indiciados são comerciantes e revendiam os aparelhos sem nota fiscal. Eles foram enquadrados por receptação qualificada. A pena para este crime é de até dois anos de prisão. Todos são de Porto Alegre e já prestaram esclarecimentos para a polícia nessa operação, batizada de Recovery.

Dos 92 celulares roubados na metade do ano, 20 já foram recuperados. Um dos criminosos que assaltou a loja foi preso em flagrante, logo depois do roubo. Outro suspeito foi conduzido para a delegacia nesta quinta-feira (21).

 Ainda não é assinante? Aproveite as ofertas exclusivas de Black Friday e assine agora!   

tentFrom:cms -->
 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros