Presos por matar jovem em Viamão assaltaram "para comprar drogas", diz delegada - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Latrocínio26/06/2019 | 21h39Atualizada em 26/06/2019 | 21h39

Presos por matar jovem em Viamão assaltaram "para comprar drogas", diz delegada

Dupla presta depoimento à Polícia Civil na manhã desta quarta-feira

Depois de se apresentarem à Polícia Civil na madrugada desta quarta-feira (26), dois suspeitos da morte de Wesley Diego da Silva, 26 anos, em Viamão, confessaram o crime. A delegada Jeiselaure de Souza, responsável pelo caso, diz que os dois afirmaram que estavam usando drogas antes do assalto.

Segundo ela, os presos afirmaram que saíram de um ponto de tráfico na região para conseguir dinheiro e comprar mais entorpecentes. O homem que seria o responsável pelos tiros contra Wesley disse que o jovem teria reagido para não entregar a mochila quando foi abordado na Rua Guanabara, no bairro Santa Isabel, na manhã da última segunda-feira (24).

Leia mais
Suspeitos de matar jovem em assalto se apresentam à polícia em Viamão
Jovem morto durante assalto em Viamão havia sido vítima de roubos outras duas vezes
Homem é morto durante assalto em Viamão

Após depoimento dos dois, a Justiça decretou a prisão preventiva da dupla — e a polícia não está descartado o envolvimento de mais suspeitos no latrocínio (roubo com morte).

 Tiago Roldão Azambuja, 26 anos — que confessou ser o autor dos disparos — , tem passagem pela polícia justamente por roubo a pedestre. Alcir Nunes Oviedo Neto, 38 anos, tem antecedentes por tráfico, lesão corporal, roubo, furto, resistência, desacato e desobediência. Ele confessou que dirigia o veículo usado pela dupla. 

Wesley Diego da Silva
Wesley foi morto na última segunda-feiraFoto: Reprodução / Arquivo pessoal

— Eles, em depoimento, disseram que passaram a madrugada usando drogas e que tinham saído de uma boca de fumo para conseguir mais dinheiro e comprar mais drogas. Eles estavam em um carro e depararam com a vítima caminhando pela rua. Disseram que só atiraram porque o jovem não queria entregar a mochila — ressalta Jeiselaure.

A delegada Jeiselaure diz que a investigação avançou após a análise de imagens de câmeras de segurança e a identificação do carro usado pelos criminosos. O veículo, inclusive, tem uma marca de tiro, o que chamou a atenção dos agentes durante a verificação dos vídeos fornecidos pela prefeitura de Viamão. 

O crime


Presos por matar jovem em Viamão assaltaram
Dois homens se apresentaram à polícia e confessaram o latrocínio Foto: Polícia Civil / Divulgação

Wesley Diego da Silva foi morto por volta das 9h30min de segunda-feira, na Rua Guanabara. Faltavam duas quadras para que ele chegasse em casa.

O jovem havia dormido na casa de um colega, após sair do trabalho em um restaurante como prevenção por já ter sido assaltado duas vezes. Mesmo baleado, ele ainda conseguiu dar alguns passos até chegar a um salão onde cortava o cabelo, onde morreu. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros