Três homens são presos em estacionamento de supermercado no Menino Deus - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Carro roubado04/08/2019 | 17h55Atualizada em 04/08/2019 | 17h56

Três homens são presos em estacionamento de supermercado no Menino Deus

Polícia Civil recebeu informação de que veículo levado por assaltantes na noite anterior no bairro Sarandi circulava pela região 

Três homens foram presos na tarde deste sábado (3) no estacionamento do supermercado Pezzi, na Avenida Erico Verissimo, bairro Menino Deus, em Porto Alegre. O trio estaria com um Ka roubado na noite anterior, no bairro Sarandi

Conforme o delegado Rafael Liedtke, da Delegacia de Repressão ao Roubo de Veículos (DRV), uma informação anônima ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) revelou que veículo estaria circulando entre os bairros Azenha e Menino Deus desde o período da manhã. Equipes da DRV em três viaturas discretas passaram a rondar a região. 

Leia mais
Polícia prende criminosos e resgata empresário em cárcere privado na Serra
Mulher é presa após exigir R$ 3 mil para devolver carro roubado em São Leopoldo 
Polícia investiga como latrocínio morte de empresário na BR-290, em Porto Alegre

Por volta das 14h30min, o Ka foi avistado entrando no estacionamento do supermercado. Instantes depois, quando dois dos homens caminhavam pelo pátio, policiais chegaram ao local e abordaram a dupla. Um dos agentes teria desferido tiros de advertência. 

Em seguida, um terceiro homem que deixava o supermercado, também foi capturado. Os nomes dos presos não foram divulgados. Segundo o delegado, dois deles têm 22 anos — com antecedentes policiais por porte ilegal de arma, tráfico de drogas, receptação, lesão corporal, furto e ameaça.

Carro estava estacionado no pátio de estabelecimentoFoto: Polícia Civil / Divulgação

O terceiro preso, de 40 anos, tem passagem pela polícia por roubo de veículo, roubo a pedestre, receptação de veículo roubado e tráfico de drogas, entre outros crimes. Ele estaria foragido e com dois mandatos de prisão em aberto por tráfico de drogas.

Os homens foram submetidos a reconhecimento da vítima do roubo do Ka, mas ela não teve certeza na identificação. Eles deverão ser autuados em flagrante por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo (o Ka estava com placa clonada).

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros