Testemunha muda versão e morte em Viamão volta a ser investigada como execução - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Nova reviravolta29/10/2019 | 08h57

Testemunha muda versão e morte em Viamão volta a ser investigada como execução

A hipótese principal para o assassinato de Luciano Leichtveis era de latrocínio

Testemunha muda versão e morte em Viamão volta a ser investigada como execução Samuel Vettori / RBS TV/RBS TV
Crime ocorreu por volta de 19h de domingo na Rua Lisboa, bairro Santa Isabel Foto: Samuel Vettori / RBS TV / RBS TV

O assassinato de um homem na noite de domingo (27), no bairro Santa Isabel, em Viamão, sofreu uma nova reviravolta e voltou a ser investigado como execução. Nesta segunda-feira (28), após ouvir uma testemunha, a Polícia Civil passou a tratar a morte de Luciano Leichtveis, 49 anos, como tentativa de roubo de carro seguida de morte (latrocínio).

A testemunha, que estava no carro com Luciano e foi atingida de raspão, havia dito à polícia que os criminosos anunciaram o assalto antes de atirarem. Na primeira versão, a pessoa disse que dois homens tentaram roubar o carro na saída de uma loja e dispararam quando Luciano deu ré para tentar fugir. A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do Hospital de Viamão. 

No entanto, ouvida novamente nesta segunda, a pessoa mudou a versão e não confirmou o anúncio do assalto. Agora, cabe à Delegacia de Homicídios esclarecer as motivações do crime e identificar os assassinos. Por ser testemunha, seu nome não foi divulgado pelas autoridades.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros