Operação combate violência contra a mulher em mais de 20 cidades gaúchas - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Polícia Civil28/11/2019 | 10h07

Operação combate violência contra a mulher em mais de 20 cidades gaúchas

Campanha, com fotos em ônibus de Porto Alegre, promove divulgação de disque-denúncia

Operação combate violência contra a mulher em mais de 20 cidades gaúchas Polícia Civil  / Divulgação /Divulgação
Mais de cem policiais civis em 22 cidades cumprem 61 mandados de busca e 19 de prisão preventiva Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

 A Polícia Civil realiza nesta quarta-feira (27) operação em 22 cidades gaúchas para combater a violência contra a mulher. Mais de cem agentes cumprem durante todo o dia 61 mandados judiciais de busca e 19 de prisão preventiva. Além disso, a polícia lançou campanha para promover a divulgação de um disque-denúncia mais prático e ágil no atendimento às vítimas.

Em balanço divulgado às 10h, sete suspeitos de agressões contra mulheres já haviam sido presos. Os 117 agentes ainda localizaram uma vítima que estava desaparecida em Santa Maria, após agressões do companheiro, e apreenderam, em outros locais, seis armas e um facão que estavam em posse de suspeitos de crimes contra mulheres. No final da tarde, novos dados serão divulgados.



A delegada Tatiana Bastos, que coordena a Operação Marias, diz que os mandados estão sendo cumpridos nos municípios onde há Delegacias da Mulher. Segundo ela, o trabalho não se resume apenas a cumprimentos de mandados, mas também a verificações de 95 casos denunciados à polícia nos últimos dias sobre violência doméstica.

O trabalho é do Departamento Estadual de Proteção a Grupos Vulneráveis (DPGV).



Campanha

Operação combate violência contra a mulher em mais de 20 cidades gaúchas
Além de operação, Polícia Civil divulga campanha para incentivar denúncias em casos de violência contra mulheres Foto: Polícia Civil / Divulgação

A chefe de Polícia, delegada Nadine Anflor, esteve na manhã desta quarta-feira na coletiva de imprensa para a divulgação dos dados parciais da Operação Marias. Ela aproveitou para lançar uma campanha de prevenção para estimular denúncias e registro de ocorrências sobre violência contra a mulher.

— São 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres, que é uma mobilização global da sociedade civil que, no Brasil, dura 21 dias, pois se inicia no dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, e se encerra no dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos — diz Nadine.

Nesta campanha, um dos focos principais é atingir adolescentes e familiares de vítimas. Mensagens foram colocadas em 50 ônibus de Porto Alegre e o objetivo também será fazer o mesmo em outras cidades gaúchas. O telefone (51) 98444 0606 está sendo divulgado e disponibilizado para as denúncias.

Até dezembro, serão realizadas também várias ações e atividades preventivas à violência contra a mulher, como rodas de conversa, exposições fotográficas, palestras, seminário e inauguração de Sala das Margaridas.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros