Brigada Militar prende três criminosos com oito armas na Restinga, em Porto Alegre - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Policiamento reforçado12/03/2020 | 07h48Atualizada em 12/03/2020 | 07h52

Brigada Militar prende três criminosos com oito armas na Restinga, em Porto Alegre

Polícia Civil investiga se um dos detidos está envolvido em triplo homicídio cometido no domingo

 

Brigada Militar apreende armas com traficantes presos na Restinga<!-- NICAID(14447539) -->
Armas, munição e demais objetos foram apreendidos com criminosos presos pela Brigada Militar Foto: Brigada Militar / Divulgação

A Brigada Militar (BM) da Restinga, zona sul de Porto Alegre, divulgou nesta quarta-feira (11) a prisão de três criminosos que estavam com oito armas, drogas e munição. A ação faz parte do reforço do policiamento que ocorre há três dias na região e foi motivado devido à disputa de facções na Vila Bita. Nesta área, no último domingo, três pessoas foram assassinadas a tiros e uma se encontra em estado grave internada em um hospital.

Segundo o comando do 21º Batalhão da BM, o reforço segue por tempo indeterminado com o apoio dos Batalhões de Choque e de Aviação. Na ação realizada no final da noite de terça-feira (10), também estiveram envolvidos PMs do canil do 1º Batalhão de Choque do 19º Batalhão da Capital.

Os nomes dos presos não foram divulgados, mas todos têm antecedentes por homicídios e tráfico de drogas, sendo um deles um provável suspeito de ter participado da morte de duas mulheres e um adolescente de 14 anos há três dias. O delegado Rodrigo Pohlmann Garcia, titular da 4ª Delegacia de Homicídios, diz que o objetivo é ouvir o preso para tentar confirmar se ele participou dos crimes. Por enquanto, ainda não há suspeitos identificados oficialmente, mas já se sabe a motivação dos assassinatos.

— Estamos com uma equipe nas ruas desde domingo e já temos uma linha de investigação muito avançada, o trabalho agora é checar nomes de pessoas ligadas a um gerente do tráfico da região, tantos os que estavam a favor e contra ele — ressalta Garcia.

Brigada Militar apreende armas com traficantes presos na Restinga <!-- NICAID(14447564) -->
Apreendidos revólveres e pistolas, além de muniçãoFoto: Brigada Militar / Divulgação

Garcia já sabe que os crimes têm acontecido devido a uma disputa por pontos de venda de drogas e o pivô destes ataques é um investigado que está preso na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), envolvendo três facções rivais desde o final do ano passado.

O trabalho da polícia agora é buscar testemunhas ou pessoas ligadas aos envolvidos nos crimes e buscar mais provas dos fatos. Desde janeiro, já aconteceram oito assassinatos na Restinga em razão de confrontos entre grupos criminosos. Já num período de pouco mais de duas semanas, a BM prendeu sete homens e apreendeu 20 armas que estavam em poder de traficantes.  



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros