Polícia Civil recebe 31 viaturas para reforçar delegacias da Capital e de investigações de homicídios - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Investimento13/03/2020 | 08h02

Polícia Civil recebe 31 viaturas para reforçar delegacias da Capital e de investigações de homicídios

Veículos foram entregues nesta quinta-feira em cerimônia no Palácio Piratini

Polícia Civil recebe 31 viaturas para reforçar delegacias da Capital e de investigações de homicídios Isadora Neumann / Agência RBS/Agência RBS
As 10 viaturas que serão destinadas para DPs de Porto Alegre estavam em frente ao Palácio. As outras 21 são discretas Foto: Isadora Neumann / Agência RBS / Agência RBS
GaúchaZH
GaúchaZH

A Polícia Civil recebeu na tarde desta quinta-feira (12) frota de 31 viaturas do governo do Estado. Os veículos serão destinados às delegacias distritais de Porto Alegre e para as Delegacias de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

As DHPPs receberam 21 veículos, sendo 15 para a Capital, quatro para a Região Metropolitana, uma para Pelotas e outra para Caxias do Sul — todas discretas, sem identificação da Polícia Civil. As 10 que serão destinadas para delegacias de Porto Alegre, com logotipo, foram entregues na cerimônia desta tarde. 

Além das viaturas, foram entregues 250 computadores e 15 notebooks, que serão distribuídos para outros municípios do Rio Grande do Sul, incluindo os 18 que integram o programa RS Seguro. A Polícia Civil recebeu também 13 binóculos, que serão encaminhados para delegacias de oito cidades.

Os equipamentos foram entregues à chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, em cerimônia em frente ao Palácio Piratini. O governador Eduardo Leite participou do evento e afirmou que foram investidos quase R$ 4 milhões para aquisição dos veículos e equipamentos. 

— São 10 viaturas ostensivas, incluindo para a delegacia de atendimento à mulher, 21 viaturas discretas, que por razão evidente não estão expostas aqui hoje, mas que vão auxiliar no trabalho dos departamentos dedicados aos homicídios — afirmou. 

Ranolfo Vieira Júnior, vice-governador e secretário da Segurança Pública do RS,  afirmou que não há falta de viaturas no momento, mas destacou a necessidade de renovação da frota:

— Temos de requalificar a segurança pública como um todo e isso passa por viaturas e equipamentos. Temos viaturas com mais de 10, 12 e de até 15 anos de uso. Com esse objetivo deveremos fazer novas aquisições, e esta de hoje foi a última entrega com viaturas sem semiblindagem. 

Esse foi o segundo momento na semana em que houve entrega de viaturas. Na terça-feira (10)  foram entregues cinco veículos para o Instituto-Geral de Perícias. Foram dois para a Capital — incluindo uma caminhonete para transportar cadáveres — e outras para Passo Fundo, Caxias do Sul e Pelotas.

Leite disse ainda que o Estado já realizou processo de registro de preços para a aquisição de veículos semiblindados para as polícias do RS. 

— Essas viaturas são um pouco mais caras, mas vão garantir maior proteção à vida de nossos policiais. A blindagem do capô, do para-brisa e das portas laterais vai ajudar no enfrentamento da criminalidade, preservando a vida dos profissionais da área de e segurança pública — afirmou o governador. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros