Suspeito de matar homem que teve corpo encontrado em estacionamento de hospital de Porto Alegre é preso - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Homicídio13/03/2020 | 08h05

Suspeito de matar homem que teve corpo encontrado em estacionamento de hospital de Porto Alegre é preso

 Cadáver de Andrew Fagundes dos Santos, 25 anos, estava em Fiesta na casa de saúde da PUCRS

Suspeito de matar homem que teve corpo encontrado em estacionamento de hospital de Porto Alegre é preso Robinson Estrásulas / Agência RBS/Agência RBS
Corpo foi encontrado em 3 de janeiro Foto: Robinson Estrásulas / Agência RBS / Agência RBS
Leticia Mendes

Um dos réus pela morte de Andrew Fagundes dos Santos, 25 anos, que teve o corpo encontrado em um veículo no estacionamento do Hospital São Lucas da PUCRS, em Porto Alegre, foi preso nesta quinta-feira (12) pela Polícia Civil. Alexsandro Gutterres Nascimento, 44 anos, foi localizado pelos policiais no Campo da Tuca, mesmo local onde aconteceu o crime no início de janeiro.

Os agentes da 1ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) receberam informação anônima sobre o paradeiro de Nascimento. Eles foram até o local e encontraram o foragido, que estava com prisão preventiva decretada por envolvimento no crime. Aos policiais ele se apresentou com outro nome, mas os investigadores conduziram o suspeito até a delegacia e confirmaram a verdadeira identidade. Conforme a Polícia Civil, Nascimento teria sido responsável por ajudar a capturar a vítima. Sobre o caso, ele optou por permanecer em silêncio. O preso possui antecedentes por tráfico e porte ilegal de arma de fogo. 

Com essa prisão, a polícia busca ainda pelo paradeiro de outro réu no caso. Valdeci Oliveira da Silva, 39 anos, conhecido como Cabeça, identificado como um dos gerentes do tráfico no Campo da Tuca, está foragido pelo mesmo crime. Informações sobre a localização dele podem ser encaminhadas à Polícia Civil pelo  0800-6420121 ou pelo (51) 9 8416 7109.

O crime

Valdeci Oliveira da Silva, 39 anos, foragido pelo assassinato de Andrew Fagundes dos Santos, 25 anos, encontrado morto no estacionamento do Hospital São Lucas da PUCRS. As imagens foram divulgadas pela Polícia Civil.<!-- NICAID(14414278) -->
Valdeci Oliveira da Silva continua foragidoFoto: Polícia Civil / Divulgação

Para a Polícia Civil, o assassinato aconteceu no Campo da Tuca, por um desacerto envolvendo o tráfico de drogas. Segundo o delegado Guilherme Gerhardt, da 1ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima teria desviado uma pequena quantidade de droga para consumo próprio. Isso teria motivado um castigo por parte dos traficantes. Para o delegado, o crime aconteceu de forma planejada, por ordem de Valdeci, pela dívida de cerca de R$ 300,00.

Conforme o policial, após ser atingido por um tiro na barriga, Santos escapou, mas acabou sendo capturado por dois homens. Um deles seria um homem que se entregou à polícia dias após o crime. Santos foi jogado dentro do Fiesta na noite de 2 de janeiro. Ele acabaria sendo encontrado morto no mesmo veículo no dia seguinte. O automóvel foi abandonado no estacionamento do hospital, com a vítima no banco traseiro.

O homem que dirigiu o veículo até o local também foi identificado pela polícia. Após o inquérito ser encaminhado à Justiça, os quatro foram denunciados pelo Ministério Público e se tornaram réus por homicídio duplamente qualificado. O homem que conduziu o veículo até o estacionamento também responde por furto simples, já que ficou com os tênis da vítima. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros