Polícia prende suspeito de latrocínio ocorrido no Dia dos Namorados em Viamão - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Investigação31/07/2020 | 09h10Atualizada em 31/07/2020 | 09h10

Polícia prende suspeito de latrocínio ocorrido no Dia dos Namorados em Viamão

Vítima foi morta a tiros durante tentativa de roubo de veículo quando chegava em pizzaria com a namorada

 

Polícia prende suspeito de latrocínio ocorrido no Dia dos Namorados em Viamão<!-- NICAID(14556647) -->
Suspeito foi preso em ação conjunta entre Brigada Militar e Polícia Civil na Vila dos Sargentos, zona sul de Porto AlegreFoto: Brigada Militar / Divulgação

A Polícia Civil elucidou um latrocínio ocorrido no Dia dos Namorados deste ano em Viamão e prendeu, nesta quinta-feira (30), um dos suspeitos envolvidos no crime. O homem, de 20 anos, com três antecedentes criminais por homicídio, foi detido em Porto Alegre. O comparsa dele foi morto pela Brigada Militar durante tiroteio na Capital.

Paulo André Weber Dantas, 32 anos, foi morto a tiros durante tentativa de roubo de veículo quando chegava em uma pizzaria com a namorada.

O delegado Juliano Ferreira, diretor da 1ª Delegacia Regional Metropolitana, diz que a investigação de pouco mais de 40 dias é da 2ª Delegacia de Viamão, e a ação realizada nesta quinta-feira foi em parceria com o 1º Batalhão da Brigada Militar de Porto Alegre.

O suspeito, que não teve o nome divulgado, foi detido na Vila dos Sargentos, zona sul da cidade. O comparsa dele foi morto logo depois do latrocínio, após trocar tiros com PMs por outro fato criminoso.

Segundo Ferreira, o latrocínio ocorreu dia 12 de junho deste ano no centro de Viamão, quando o casal chegava a uma pizzaria para comemorar o Dia dos Namorados. Dantas e a companheira foram abordados pela dupla quando chegavam ao estabelecimento comercial. Ferreira conta que a mulher foi agredida a coronhadas e que os criminosos tentaram empurrá-la para dentro do veículo.

— Foi nesse momento que Dantas intercedeu e tentou impedir que levassem a namorada. Mas um dos bandidos acabou dando um tiro na vítima durante luta corporal e ele acabou morrendo logo depois — explica Ferreira.

Os dois suspeitos fugiram do local sem levar o automóvel. A polícia ressalta que o ladrão localizado na zona sul da Capital foi preso preventivamente. Além de três homicídios, ele também tem antecedentes criminais por estupro e tráfico de drogas.  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros