Polícia procura suspeito de matar homem a facadas em assalto no centro de Porto Alegre - Polícia

Vers?o mobile

 
 

Latrocínio07/07/2020 | 10h14Atualizada em 07/07/2020 | 10h14

Polícia procura suspeito de matar homem a facadas em assalto no centro de Porto Alegre

Fábio Aurélio Cabral de Menezes, 22 anos, está com prisão temporária decretada

Polícia procura suspeito de matar homem a facadas em assalto no centro de Porto Alegre Reprodução/Polícia Civil
Fábio Aurélio Cabral de Menezes deve ser indiciado por latrocínio e tentativa de latrocínio Foto: Reprodução / Polícia Civil

A Polícia Civil identificou o suspeito de ser autor de um latrocínio na noite de 21 de junho em Porto Alegre. O crime aconteceu Rua Marechal Floriano Peixoto, no Centro Histórico, quando Seimar Moraes de Souza, 44 anos, foi morto a facadas. Instantes antes, o mesmo ladrão tentou assaltar, também com faca, o proprietário de um restaurante na Rua General Vitorino. 

Fábio Aurélio Cabral de Menezes, 22 anos, será indiciado por latrocínio e tentativa de latrocínio e está com prisão temporária de 30 dias decretada. A investigação obteve imagens de câmeras de segurança que mostram toda dinâmica do crime.

Segundo o delegado Cleber Lima, titular da 17ª Delegacia de Polícia Civil, o suspeito tem tatuagem nos dois braços, é morador de rua e vive pelo Centro. Desde a semana passada, a polícia intensifica as buscas para tentar encontrá-lo:

Fábio Aurélio Cabral de Menezes, de 22 anos, será indiciado por latrocínio e tentativa de latrocínio e está com prisão temporária de 30 dias decretada. A investigação obteve diversas imagens de câmeras de segurança que mostram toda dinâmica do crime.
Câmeras flagraram abordagem na noite do dia 21 de junhoFoto: Reprodução / Polícia Civil

— Queremos evitar que cometa mais um crime no Centro. As imagens mostram que ele efetivamente esfaqueou a vítima. Estamos há uma semana atrás dele, já fomos na casa dos pais e em diversas pensões onde já esteve.

O delegado pede que informações sobre o suspeito sejam encaminhadas para a polícia. Denúncias podem ser feitas ao telefone 181 ou pelos números da 17ª DP: (51) 3224-4232, (51) 3211-3866 e (51) 3346-2299. A polícia garante sigilo absoluto do denunciante.

Ainda na noite de 21 de junho, pouco menos de três horas depois do crime no Centro, outro homem foi vítima de latrocínio no bairro Independência. Julio Cesar Nunes da Silva, 57 anos, foi atacado por uma dupla e morto a facadas na Rua Tiradentes. Os crimes, segundo a polícia, não têm relação.

— Temos imagens que mostram que esses dois caras estavam procurando uma vítima na Avenida Cristóvão Colombo uma hora antes. Quando surgiu o Julio, eles o assaltaram. Nos dois crimes (da Independência e do Centro Histórico), as vítimas foram escolhidas de forma aleatória — afirma o delegado.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros