Operação prende três pessoas por suspeita de envolvimento com assassinato em Guaíba - Polícia

Versão mobile

 
 

Homicídio21/10/2020 | 10h10Atualizada em 21/10/2020 | 10h10

Operação prende três pessoas por suspeita de envolvimento com assassinato em Guaíba

Na ação, outros quatro indivíduos foram detidos por tráfico de drogas

Operação prende três pessoas por suspeita de envolvimento com assassinato em Guaíba Polícia Civil/Divulgação
Cerca de 50 policiais participaram da operação Foto: Polícia Civil / Divulgação
GZH
GZH

A Polícia Civil deflagrou, nesta terça-feira (20), operação referente a um homicídio ocorrido no dia 17 de março no bairro Logradouro, em Guaíba, na Região Metropolitana. Segundo as investigações, o crime foi encomendado por um dos líderes do tráfico de drogas no local.

Nesta manhã, cerca de 50 policiais cumpriram seis mandados de prisão — cinco de forma preventiva e um temporário — além de nove mandados de busca e apreensão em Guaíba e em Cachoeirinha

Na ação, três homens foram detidos por suspeita de envolvimento no assassinato de março e três por tráfico de drogas e extorsão. Além disso, uma sétima pessoa — que não era alvo de mandado — foi presa em flagrante por tráfico de drogas.

Morte por encomenda

De acordo com a Polícia Civil, no dia do homicídio, a vítima estava em um bar quando começou a agredir a companheira. Ele foi cercado por indivíduos que passaram a lhe espancar. Na sequência, o homem conseguiu fugir para a residência da mãe, onde foi perseguido por dois criminosos que o executaram com diversos disparos.

No entanto, durante as investigações, foi constatado que o motivo do crime não seria referente à violência contra a mulher, mas sim um crime encomendado por um traficante devido a dívidas com drogas. Ainda segundo a polícia, o mandante do assassinato encontrava-se em liberdade monitorada e tem 25 anos de condenação para cumprir.

Outro investigado, também monitorado por tornozeleira eletrônica, é irmão e braço direito do homem apontado como mandante. Ele é conhecido por ser extremamente violento e suspeito de praticar diversos homicídios. O terceiro investigado seria o responsável por realizar a telentrega das drogas para a organização criminosa.

Os outros três mandados de prisão foram expedidos pelos crimes de tráfico de drogas e extorsão praticados por outro grupo criminoso que atua de forma violenta, no mesmo local.

Um dos investigados foi preso recentemente com uma pequena quantidade de drogas. Segundo a polícia, no momento da prisão, ele conseguiu dispensar a maior parte dos entorpecentes no pátio de uma residência. Depois, o homem retornou ao local e, acreditando que a moradora tivesse pego a droga, exigiu que ela devolvesse o material. Como a vítima não havia pego, foi obrigada, sendo ameaçada de morte, a pagar ao traficante o valor das substâncias.

 Operação da Polícia Civil prende sete pessoas em Guaíba.<!-- NICAID(14621006) -->
Imitações de armas de fogo, dinheiro, celulares e veículos foram apreendidos Foto: Polícia Civil / Divulgação

Segundo a polícia, durante a operação foram apreendidos cerca de R$ 3 mil, três veículos, celulares e imitações de armas de fogo. Todos os suspeitos — que não tiveram os nomes divulgados — foram encaminhados ao sistema prisional.

A operação foi denominada como Columbia e contou com apoio de helicópteros da Coordenadoria de Recursos Especiais, e do Núcleo de Operações com Cães, com cães farejadores.

 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros