Suspeito de matar vendedor de picolé por disputa em ponto de venda em Capão da Canoa se entrega à polícia    - Polícia

Versão mobile

 
 

Litoral Norte13/01/2021 | 09h18Atualizada em 13/01/2021 | 09h18

Suspeito de matar vendedor de picolé por disputa em ponto de venda em Capão da Canoa se entrega à polícia   

Vítima havia registrado boletim de ocorrência por ameaça em 2012 contra o investigado 

Suspeito de matar vendedor de picolé por disputa em ponto de venda em Capão da Canoa se entrega à polícia    Divulgação/Polícia Civil
Suspeito teve prisão preventiva decretada e se apresentou na Delegacia de Polícia de Capão da Canoa Foto: Divulgação / Polícia Civil
GZH
GZH

Um homem, de 49 anos, suspeito de matar um vendedor ambulante de picolés, em Capão da Canoa, no Litoral Norte, foi preso na segunda-feira (11). De acordo com a Polícia Civil, a discussão entre os dois teria acontecido por uma disputa de área de venda — o detido também trabalha com o comércio de picolés. 

Segundo a Polícia Civil, por volta das 14h30min da última quinta-feira (7), Sandro Alberto Fernandes Figueiredo, 46 anos, foi atingido por uma facada no tórax e por um golpe de ferro na cabeça, após uma discussão. A briga aconteceu na Rua das Sempre Vivas, no bairro Capão Novo. Após o crime,  o suspeito fugiu do local. A vítima  foi socorrida e chegou com vida ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.  

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Gustavo Brentano, a disputa era antiga entre os dois vendedores: 

— O autor tem antecedentes criminais por ameaça contra a vítima, pelo mesmo motivo, disputa por local de venda de picolés, no ano de 2012.  Ainda não sabemos quem iniciou a briga e o local não possui câmeras de segurança. Por isso, seguimos trabalhando para encontrar testemunhas.

O suspeito teve a prisão preventiva decretada e se apresentou na Delegacia de Polícia de Capão da Canoa, acompanhado de seu advogado, mas escolheu permanecer em silêncio. O suspeito foi encaminhado para a Penitenciária Modulada Estadual de Osório. 

A polícia ouviu até o momento uma testemunha.  Tanto a faca quanto o cano de ferro utilizados no crime foram apreendidos. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros