Dono de posto de combustível é preso por fraude em bomba de abastecimento em Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

 
 

Fiscalização19/03/2021 | 12h11

Dono de posto de combustível é preso por fraude em bomba de abastecimento em Porto Alegre

Proprietário teria lucrado cerca de R$ 5 mil por mês com as adulterações

Dono de posto de combustível é preso por fraude em bomba de abastecimento em Porto Alegre Procon-POA / Divulgação/Divulgação
Bombas com irregularidades foram lacradas pela fiscalização na Capital Foto: Procon-POA / Divulgação / Divulgação

O proprietário de um posto de combustíveis no bairro Floresta, em Porto Alegre, foi preso por fraude em uma bomba de abastecimento. Ele teria lucrado cerca de R$ 5 mil por mês com o uso, pelos clientes, da bomba de autoatendimento adulterada.

A operação foi realizada pelo Procon da Capital e pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), que fiscalizava a qualidade dos produtos e a quantidade dispensada pelas bombas. Polícia Civil e Inmetro também participaram da ação — realizada em alusão ao Dia do Consumidor.

Em dois dias, cinco postos foram fiscalizados, com duas autuações. A prisão do proprietário de um dos locais ocorreu na quarta-feira (17), mas só foi divulgada nesta quinta (18), após a conclusão da operação.

No estabelecimento do bairro Floresta — que não teve o nome divulgado —, os agentes encontraram ainda produtos vencidos há 10 meses sendo oferecidos na loja de conveniência. Além da prisão do dono, o local também foi autuado.

Já na quinta-feira, outro posto, localizado na Rua Ramiro Barcelos, foi autuado pelos fiscais da ANP. No estabelecimento, foi encontrado um bico com problemas de aferição, mas que, no entendimento dos técnicos, não se configurou como fraude.


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros