Escola estadual em São Leopoldo é alvo de criminosos pela terceira vez em pouco mais de um ano  - Polícia

Versão mobile

 
 

Vale do Sinos27/04/2021 | 18h48

Escola estadual em São Leopoldo é alvo de criminosos pela terceira vez em pouco mais de um ano 

Na última ocorrência, percebida na segunda-feira (26), foram levados televisores e netbooks que seriam utilizados no retorno das aulas presenciais 

Escola estadual em São Leopoldo é alvo de criminosos pela terceira vez em pouco mais de um ano  Divulgação / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Na segunda-feira (26) a equipe diretiva da instituição se deparou com um arrombamento na escola Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal
GZH
GZH

Em meio a pandemia e de todos os desafios da educação no Brasil a Escola Estadual de Ensino Médio Olindo Flores da Silva, no bairro Scharlau, em São Leopoldo, começou a semana com mais um contratempo. Na segunda-feira (26) a equipe diretiva da instituição se deparou com um arrombamento na escola. De acordo com o professor Silvio Machado, diretor da escola, os criminosos entraram pelo teto do local:

— Em fevereiro de 2020 fomos vítimas de dois arrombamentos. Naquela ocasião levaram notebooks e netbooks que eram utilizados por alunos e professores. A partir daqueles episódios, realizamos a colocação de grades na escola para evitar que ocorresse novamente — contou Silvio.

No arrombamento desta semana foram levados quatro televisores que seriam utilizados quando as aulas voltassem a ocorrer no modelo híbrido e permitiria que os professores realizassem uma aula interativa entre os alunos. Também foram levados cerca de 28 netbooks. De acordo com o diretor, os suspeitos deixaram projetores dentro de um saco de lixo, para ser levado em outra oportunidade.

Segurança

Escola arrombada em São Leopoldo<!-- NICAID(14768013) -->
A escola não tem câmeras de monitoramento de vídeoFoto: Divulgação / Arquivo Pessoal

De acordo com Sílvio, a escola não possua câmeras de monitoramento em vídeo porque até fevereiro de 2020 havia um policial militar que residia na instituição:

Leia mais
Polícia investiga desaparecimento de jovem de 23 anos em Viamão
Colorado, ciclista e gestor de recursos: conheça o major que assume a BM em Caxias do Sul
Vinte e sete policiais militares do batalhão de Alvorada são indiciados em investigação sobre formação de milícia, corrupção e ligação com criminosos

— Como o policial morava aqui, decidimos por priorizar outras demandas mais urgentes da escola. Diante dessa ocorrência, já estou realizando o orçamento para providenciarmos alarmes e câmeras de segurança. É muito triste termos que aplicarmos dinheiro nesses equipamentos de segurança quando temos várias outras demandas importantes para o desenvolvimento pedagógico. Agora, temos que começar do zero. Estávamos com uma estrutura muito bacana de equipamentos eletrônicos — lamentou o diretor.

A equipe de professores da escola está articulando parcerias com a 2ª Coordenadoria Regional de Educação (2ª CRE) e o Comando da Brigada da cidade para providenciar outras formas de deixar o espaço mais protegido. A direção da escola fez boletim de ocorrência e a perícia esteve no local.

escola arrombada em São Leopoldo<!-- NICAID(14767991) -->
Janela arrombada na escola Ensino Médio Olindo Flores da SilvaFoto: Divulgação / Arquivo Pessoal
Escola arrombada em São Leopoldo<!-- NICAID(14768011) -->
Trinca de porta foi arrebentada pelos ladrõesFoto: Divulgação / Arquivo Pessoal


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros