Operação para conter aglomerações encerra festas clandestinas na zona norte de Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

 
 

Fiscalização13/09/2021 | 09h23Atualizada em 13/09/2021 | 09h23

Operação para conter aglomerações encerra festas clandestinas na zona norte de Porto Alegre

Oito locais foram vistoriados entre a noite de sábado e a madrugada de domingo

Operação para conter aglomerações encerra festas clandestinas na zona norte de Porto Alegre Divulgação / Brigada Militar/Brigada Militar
Avenida Baltazar de Oliveira Garcia foi um dos pontos fiscalizados Foto: Divulgação / Brigada Militar / Brigada Militar
Leticia Mendes

Mais uma operação realizada neste fim de semana com objetivo de conter aglomerações resultou na interdição de cinco estabelecimentos na zona norte de Porto Alegre. Ao todo, oito locais foram vistoriados. Em quatro casas noturnas, segundo a Brigada Militar, eram realizadas festas clandestinas. Um bar também acabou interditado por estar em situação irregular. A ação iniciou por volta das 23h do sábado (11) e se estendeu durante a madrugada deste domingo (12).

Em um dos pontos, na Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, no bairro Rubem Berta, cerca de 280 pessoas participavam de um evento clandestino. O estabelecimento foi o que registrou o maior número de pessoas aglomeradas entre os que passaram pela fiscalização. Outros três locais, também na Zona Norte, foram vistoriados, mas não foram interditados — dois receberam notificações e um estava funcionando corretamente.

Além das possíveis aglomerações, também foram verificados alvarás, plano de prevenção contra incêndio e controle de som alto. Participam da operação Guarda Municipal, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e Diretoria-Geral de Fiscalização. Denúncias sobre locais que desrespeitem as regras de distanciamento devem ser feitas pelos telefones 153 e 156.

Entre a noite de sexta-feira e a madrugada de sábado, aglomerações com cerca de 1,2 mil já haviam sido dispersadas no bairro Moinhos de Vento. Um bar na rua Barão do Gravataí, bairro Menino Deus, foi autuado pela Diretoria-Geral de Fiscalização por ter clientes em pé, sem uso de máscaras e com música ao vivo. Na Cidade Baixa, houve dispersão de aproximadamente 800 pessoas na esquina das ruas Lima e Silva com República e na Rua João Alfredo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros