Polícia investiga execução de jovem na frente de revenda de veículos em Taquara - Polícia

Versão mobile

 
 

 Vale do Paranhana14/10/2021 | 07h00Atualizada em 14/10/2021 | 08h58

Polícia investiga execução de jovem na frente de revenda de veículos em Taquara

Investigação aguarda resultado pericial, mas informação inicial indica 40 disparos de arma de grosso calibre

Polícia investiga execução de jovem na frente de revenda de veículos em Taquara Polícia Civil / Reprodução/Reprodução
Crime ocorreu às margens da RS-239 Foto: Polícia Civil / Reprodução / Reprodução

A Polícia Civil instaurou inquérito nesta quarta-feira (13) para investigar uma execução ocorrida terça-feira (12), logo depois das 22h, na frente de uma revenda de veículos na RS-239, na área urbana de Taquara, no Vale do Paranhana. A vítima foi identificada como Kevin Alcides, 18 anos. Foram vários disparos de arma de grosso calibre e, em uma análise inicial, teriam sido cerca de 40 disparos.

O delegado regional das Hortênsias, que inclui também o Vale do Paranhana, Heliomar Franco, diz que estão sendo averiguados todos os detalhes possíveis. O primeiro deles é exatamente a quantidade de tiros, e por isso se aguarda resultado pericial para saber o número exato e o tipo de armamento, não se descartando uso de fuzil. Outro fato é o local do crime.

Por enquanto, só há detalhes preliminares, e por isso os primeiros indícios não estão sendo divulgados. Vários veículos que estavam na parte interna da revenda ficaram com os para-brisas e parte da lataria perfurados por balas. O estabelecimento comercial possui câmeras de vigilância e as imagens revelaram como foi a execução.

O delegado diz que foi possível verificar que o jovem saiu de dentro de um carro junto com cinco homens armados, encapuzados e vestindo fardas do Exército brasileiro. Alcides foi colocado em frente ao portão da loja e executado no local, no calçamento. Sobre as fardas, Franco destaca que é comum o uso indevido por parte de facções criminosas. 

Como o  jovem tinha várias passagens pela polícia por posse de drogas e era suspeito de realizar o transporte para um grupo da região, a principal linha de investigação é acerto de contas envolvendo a venda de entorpecentes. Contudo, o local escolhido — na área urbana, na frente de uma loja com câmeras — ainda intriga os agentes.

Revenda de veículos atingida por tiros durante execução em Taquara
Vários veículos da revenda em Taquara tiveram para-brisas e lataria perfurados pelos tiros Foto: Brigada Militar / Divulgação


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros