Polícia prende último suspeito de participação em assalto que resultou na morte de jovem em parada de ônibus - Polícia

Versão mobile

 
 

Latrocínio13/10/2021 | 09h02Atualizada em 13/10/2021 | 09h02

Polícia prende último suspeito de participação em assalto que resultou na morte de jovem em parada de ônibus

Homem foi localizado e detido em São Nicolau, nas Região Noroeste, na tarde desta terça-feira 

Polícia prende último suspeito de participação em assalto que resultou na morte de jovem em parada de ônibus Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS

A Brigada Militar (BM) prendeu, na tarde desta terça-feira (12), mais um suspeito de participação na morte de Cristiane da Costa dos Santos, de 20 anos, em um assalto em uma parada de ônibus na zona sul de Porto Alegre. Esse é o terceiro  suspeito de participação no crime e seria um dos dois assaltantes que abordou a jovem. 

Ele foi preso em São Nicolau, na região Noroeste. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de São Nicolau e será ser transferido para Porto Alegre, onde deve prestar depoimento. O suspeito foi identificado como Wellynton Matheus Fernandes Moraes, 19 anos, segundo a BM. A prisão é temporária. A operação para  a prisão do indivíduo contou com a participação de agentes do 14º Batalhão de Brigada Militar (BPM) e do 7º Regimento de Polícia Montada (RPMon). 

Esse é o último suspeito de participação no crime preso. Outras duas pessoas suspeitas já haviam sido detidas. Uma teria abordado a jovem na parada de ônibus e outra dirigido um veículo na fuga dos dois criminosos.

A delegada Luciana Smith informou que aguarda a chegada do suspeito em Porto Alegre para interrogatório e acareação entre os investigados. 

— Ele está em deslocamento para Porto Alegre. Só aqui vou ter mais informações. Acredito que ele vai chegar em Porto Alegre por volta da 1h (de quarta-feira).

Cristiane foi assassinada em 23 de setembro, quando estava em uma parada de ônibus da Avenida Chuí, na Zona Sul, junto com outras sete pessoas. Dois homens desceram do veículo e passaram a roubar os pedestres. De acordo com relato de vítimas e testemunhas, a jovem demorou ou resistiu a entregar o celular ao retira-lo da bolsa e, por isso, foi baleada.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros