Presos 13 suspeitos de integrar quadrilha que furtava gado em vários municípios do RS - Polícia

Versão mobile

 
 

Abigeato06/11/2021 | 07h00Atualizada em 06/11/2021 | 07h00

Presos 13 suspeitos de integrar quadrilha que furtava gado em vários municípios do RS

Operação policial foi deflagrada em Gravataí, São Francisco de Paula, Caraá, Parobé e Caxias do Sul

Presos 13 suspeitos de integrar quadrilha que furtava gado em vários municípios do RS Reprodução / Polícia Civil/Polícia Civil
Em uma propriedade rural de Gravataí, agentes resgataram 76 bovinos Foto: Reprodução / Polícia Civil / Polícia Civil

 A Polícia Civil deflagrou nesta sexta-feira (5) uma operação para desarticular uma quadrilha que furtava gado em várias cidades do Rio Grande do Sul. Ao todo, 13 suspeitos foram presos e 76 animais recuperados durante o cumprimento de mandados judiciais em Gravataí, São Francisco de Paula, Caraá, Parobé e Caxias do Sul. As buscas continuam porque ainda há foragidos, já que são 35 mandados de prisão preventiva.  

A Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Bagé investigava o grupo pelo menos desde maio deste ano, após 22 bovinos terem sido levados de uma propriedade em São Francisco de Paula. Depois desse caso, houve uma série de furtos e o objetivo foi identificar a autoria dos crimes ocorridos no Litoral, Região Metropolitana e Serra. Foram registrados ataques ainda em Bom Jesus, Santo Antônio da Patrulha, Terra de Areia e Viamão

Os integrantes da quadrilha usavam caminhões boiadeiros e veículos batedores. Com o andamento das ações policiais, foi possível recuperar nas últimas semanas 17 animais em Gravataí. As vacas haviam sido furtadas neste ano de uma propriedade em Terra de Areia. Foi constatado pela Decrab de Bagé que parte do grupo já foi alvo da Polícia Civil em outros anos, como em 2019. 

Leia mais
Tribunal do Júri condena homem por matar açougueiro em retaliação à ação trabalhista
Confira os detalhes do assalto que levou a confronto com duas mortes e prisões, segundo a BM
Ministério Público denuncia homens por morte de ambulante após briga em açougue em Alvorada

A forma de agir sempre foi a mesma: furto de vários animais mediante a utilização de caminhões boiadeiros, baú e veículos de passeio como batedores e também carneada, além de carregamento da carne em veículos pequenos.

Além das prisões, houve 23 mandados de busca que foram cumpridos por 150 agentes. Os policiais civis contaram com o apoio de fiscais agropecuários também. Durante a ação realizada nesta sexta-feira, foram apreendidos celulares, armas de fogo, munição e outros objetos utilizados para a prática de abigeato. 

Os 76 bovinos recuperados estavam em uma propriedade rural em Gravataí. A investigação, assim como as buscas a suspeitos foragidos, continua. Os nomes dos presos não foram divulgados. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros