Criminosos em fuga tentam roubar carro, mulher é baleada, abandona veículo e procura ajuda em hospital de Porto Alegre - Polícia

Versão mobile

 
 

Zona Norte09/12/2021 | 07h00Atualizada em 09/12/2021 | 07h48

Criminosos em fuga tentam roubar carro, mulher é baleada, abandona veículo e procura ajuda em hospital de Porto Alegre

Segundo Brigada Militar, bandidos mataram um homem com 80 tiros, escaparam em um veículo, bateram e tentaram levar outro

Criminosos em fuga tentam roubar carro, mulher é baleada, abandona veículo e procura ajuda em hospital de Porto Alegre Leandro Rodrigues / Agencia RBS/Agencia RBS
Foto: Leandro Rodrigues / Agencia RBS / Agencia RBS

Após assassinarem um homem a tiros no bairro Sarandi, na zona norte de Porto Alegre, na tarde desta quarta-feira (8), criminosos tentaram roubar um carro durante a fuga e balearam a proprietária do veículo. Mesmo gravemente ferida, a mulher conseguiu dirigir por cerca de três quilômetros, na tentativa de pedir socorro no Hospital Cristo Redentor.

O caso teve início na Avenida Engenheiro Francisco Rodolfo Simch, no bairro Sarandi, onde um homem foi atacado por três atiradores no momento em que desceu do prédio onde residia. Segundo o delegado Luis Firmino, da 3ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o alvo da execução, identificado como Claudemir da Silveira, 32 anos, tinha antecedentes por tráfico de drogas e homicídio. No local onde ele foi executado, a perícia encontrou pelo menos 80 projéteis de pistola calibre 9 milímetros.

— A dinâmica foi a seguinte: a vítima sai da casa com esposa e filha, desce do prédio, no momento, na calçada, estavam três atiradores, que se aproximaram, com arma em punho, atirando. Executam a vítima, voltam para dentro do veículo. O veículo sai em fuga, bate mais adiante (em uma árvore) — explicou o delegado.

Ainda conforme o policial, nas proximidades da Avenida Assis Brasil, os criminosos abordaram uma mulher, que estava em um Uno com pelo menos uma criança e um adolescente. No momento em que os ladrões se aproximaram, na tentativa de levar o carro dela, a mulher teria se recusado a entregar o automóvel.

— Como a senhora reagiu, não aceitou a abordagem, eles acabavam realizando diversos disparos contra ela. Acertaram ela, gravemente — descreve Firmino.

Mesmo baleada, a vítima seguiu dirigindo em direção ao Hospital Cristo Redentor. Ela percorreu cerca de três quilômetros, até parar num corredor de ônibus, bem próximo da casa de saúde. Uma ambulância do hospital foi acionada e a mulher foi socorrida e levada para atendimento. Ainda não há confirmação sobre o seu estado de saúde.

Uma equipe do Instituto-Geral de Perícias (IGP) seguiu até o local para fazer o levantamento. Pelo menos três disparos teriam atingido o vidro ao lado do banco da motorista, além do para-brisas, que também foi alvejado.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros