Cobrador de ônibus que estava desaparecido em Porto Alegre é localizado - Polícia

Versão mobile

 
 

 Na Zona Sul 28/02/2022 | 14h24Atualizada em 28/02/2022 | 14h28

Cobrador de ônibus que estava desaparecido em Porto Alegre é localizado

Lennon dos Santos Chaves, 25 anos, morador da Zona Sul, havia sumido na tarde da última quinta-feira

Cobrador de ônibus que estava desaparecido em Porto Alegre é localizado Arquivo Pessoal / Reprodução/Reprodução
Foto: Arquivo Pessoal / Reprodução / Reprodução
Leticia Mendes

Foi localizado na manhã desta segunda-feira (28) Lennon dos Santos Chaves, 25 anos, que estava desaparecido em Porto Alegre. A informação foi repassada pela mãe do jovem, Enilce Silva dos Santos, 57 anos, que vinha procurando pelo filho desde a semana passada. 

O cobrador de ônibus, que reside no bairro Restinga, na Zona Sul, havia sumido após sair do trabalho e ir a uma agência bancária no bairro Partenon, Zona Leste.  

O caso havia sido registrado na Polícia Civil na manhã do último sábado (26), na 16ª Delegacia de Polícia da Capital, no bairro Restinga. A apuração do sumiço, no entanto, ficaria com a Delegacia de Investigação de Pessoas Desaparecidas.

A família vinha nos últimos dias divulgando o caso nas redes sociais e fazendo buscas em diversos pontos da cidade. O jovem faz uso de medicação controlada, e não atendia mais ao telefone.  

— O Lennon foi encontrado. Está bem e em segurança. Estava andando na rua, desorientado, mas foi resgatado por amigos — afirmou a mãe.  

Dicas para as famílias 

  • Registre o desaparecimento na polícia assim que for percebido  
  • Leve uma fotografia atualizada para repassar aos policiais    
  • Outras informações relevantes no momento do registro são saber se a pessoa tem telefone celular e se foi levado junto, se possui redes sociais, os dados de conta bancária, se possui veículo e qual a placa, locais que costuma frequentar, pessoas com quem mantêm contato (amigos, familiares), se é usuária de drogas e se houve alguma desavença que pode ter motivado o sumiço    
  • Comunique o desaparecimento aos amigos e conhecidos, que podem auxiliar com informações. Ao divulgar o sumiço, informe os contatos de órgãos oficiais como Polícia Civil e Brigada Militar para receber informações. Isso evita que criminosos interessados em extorquir familiares de desaparecidos se aproveitem da situação
  • Outra orientação importante é de que as famílias comuniquem a polícia não somente o desaparecimento, mas também a localização. É muito comum os policiais depararem com casos de pessoas que não estão mais desaparecidas, mas que no sistema constam como sumidas porque o registro de localização não foi feito

Colabore

  • Informações sobre casos de desaparecimentos podem ser repassadas à Polícia Civil por meio do telefone 0800-642-0121 ou pelo 197 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros