Seis dicas para não errar na compra do pescado da Semana Santa - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Sua saúde27/03/2015 | 15h27

Seis dicas para não errar na compra do pescado da Semana Santa

Entre os itens que devem ser observados é a grande quantidade de gelo em que o peixe está acondicionado

Seis dicas para não errar na compra do pescado da Semana Santa Marcelo Oliveira/Agencia RBS
Observe as condições de higiene do local da compra do peixe Foto: Marcelo Oliveira / Agencia RBS

Para prevenir riscos a saúde dos consumidores, a Equipe de Vigilância de Alimentos (EVA) da Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde (CGVS) de Porto Alegre dá dicas para a compra segura de pescados da Semana Santa. Veja:

Ovo de Páscoa feito em casa é até três vezes mais barato. Aprenda a fazer!

1) Todo pescado fresco deve estar acondicionado em grande quantidade de gelo. Pescado com pouco gelo tem sua qualidade diminuída.

2) Ao comprar pescado fresco, dê preferência aos com olhos brilhantes e cheios, aspecto firme, guelras vermelhas, escamas firmes e odor característico.

3) Os pescados congelados (filés de peixe, camarões, lulas, mexilhões) devem estar devidamente embalados, com carimbo de inspeção por órgão sanitário competente (SIF, Cispoa ou SIM/PoA), sendo vedada a comercialização do produto a granel.

Leia mais notícias do dia
 
4) Evite pescados com cheiro muito forte, abdômen flácido, olhos murchos e sem brilho, guelras pálidas.

5) Observe as condições higiênico sanitárias tanto do local quanto dos manipuladores. A utilização de luvas para manipulação de pescados não é obrigatória.

6) Em caso de dúvidas ou denúncias, a EVA orienta os consumidores a ligar para o Serviço Fala Porto Alegre, fone 156.

A Feira do Peixe ocorre no Largo Glênio Peres, no Centro Histórico da Capital, de 31 de março a 3 de abril.

Curta nossa página no Facebook

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros