Falsa médica é desmascarada após abandonar plantão no interior de SP - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Sob investigação15/07/2015 | 15h59

Falsa médica é desmascarada após abandonar plantão no interior de SP

Mulher foi contratada como médica sem apresentar o diploma de graduação

Falsa médica é desmascarada após abandonar plantão no interior de SP Reprodução / Tv Tem/
Falsa médica não atendeu pacientes com doenças graves Foto: Reprodução / Tv Tem

A Polícia Civil vai investigar o caso de uma mulher que se passava por médica em uma unidade de pronto-atendimento de Alumínio, interior de São Paulo. A suspeita, que se apresentava como Dra. Cibele Lemos, usava nome e o registro de outra profissional e atendia pacientes há um mês.

De acordo com o G1, a fraude foi descoberta após a falsa médica abandonar um plantão no último sábado, dia 11, sem avisar ninguém. Durante comunicação da conduta ao Conselho Regional de Medicina de São Paulo, o diretor de saúde do município, Paulo Pimenta, descobriu que o número do registro profissional estava correto, mas a foto era de outra pessoa.

— Verificamos que a foto do Cremesp não era a mesma da pessoa que estava lá, foi quando levantamos a suspeita. Nós acionamos a empresa [que contratou a suspeita] para averiguar o que estava acontecendo e para levantar se a profissional que consta no Conselho é a mesma pessoa que estava dentro do pronto-atendimento — afirmou o diretor.

Falso médico é preso em flagrante em Sapiranga

 
Foto: Reprodução / Tv Tem

O advogado da empresa responsável, Marcio Ferrari, admitiu que a contratação foi feita sem a apresentação do diploma de graduação. Ele afirma que a partir de agora o procedimento para assinatura do contrato deverá ser revisto.

— Nós vamos levantar a relação de documentos e pedir indicação dos profissionais que vierem. Vamos precisar de referências para que eles possam atuar.

Falsa médica é presa em posto de saúde de Cidreira, no Litoral Norte

Na época, também não foi possível confirmar se o registro era mesmo da mulher porque não havia foto disponível no site do Conselho Regional.

A polícia, de acordo com o diretor Paulo Pimenta, foi chamada para deter a falsa médica, mas se recursou a comparecer ao local. Ao ser questionada por colegas sobre a sua conduta, ela avisou que buscaria documentos em casa e aproveitou para fugir.

A mulher, que ainda não foi localizada, não atendeu pacientes com doenças graves durante o mês que se passou como médica. A real identidade da suspeita ainda não foi revelada.

Leia mais notícias do dia
Curta a nossa página no Facebook

* Diário Gaúcho

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros