No Porto Seco, Estado Maior da Restinga vai pedir paz e o fim das injustiças - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Carnaval 201625/01/2016 | 09h01

No Porto Seco, Estado Maior da Restinga vai pedir paz e o fim das injustiças

Escola de samba do Bairro Restinga levará ao Porto Seco um pedido de reparo a todas as injustiças

No Porto Seco, Estado Maior da Restinga vai pedir paz e o fim das injustiças Luiz Armando Vaz/Agencia RBS
Preto: escola terá muita luz nos carros alegóricos Foto: Luiz Armando Vaz / Agencia RBS

Será Xangô, o orixá do poder e da Justiça, que estará na Avenida ao lado dos tinguerreiros. A Estado Maior da Restinga, quarta colocada no Carnaval de 2015, fará um apelo para reparar todas as injustiças do planeta. Para pedir paz, a escola terá muita luz nos quatro carros alegóricos, como revela o presidente da entidade, Robson Dias, o Preto. 

Bambas da Orgia vai celebrar a alegria no Porto Seco

— Começaremos num tom mais pesado, mostrando as injustiças com as minorias. O próprio cisne virá triste, cabisbaixo, representando a insatisfação — relata.

As mudanças ocorrerão a partir do segundo carro alegórico, que representará o clamor. As cores estarão ainda mais vivas no terceiro, que será a mudança. Nele, a transformação do mundo aparece por meio do respeito à natureza e às pessoas.

— Mostraremos que ainda há muita injustiça no mundo. A Tinga quer reforçar que é possível superarmos estes problemas —  conta Preto.

Segunda colocada em 2015, Embaixadores vai cantar o sonho de conquistar o título

Imperadores do Samba vai mostrar segredo na Avenida

Teste final

Mas é o quarto carro, com uma imagem de Xangô de mais de 20m de altura, que deverá despertar a atenção no Porto Seco. À frente da alegoria virá a saudação ao orixá: "Kaô Kabecilê".

Determinada a concluir o barracão ainda neste mês, a Restinga está em ritmo acelerado para finalizar os carros alegóricos. Preto calcula que será possível encerrar os trabalhos uma semana antes do desfile.

— Se tudo der certo, faremos o teste final de luz, no próximo dia 30, como uma forma de espantar as dificuldades, motivar os tinguerreiros e nos prepararmos para a grande noite — finaliza o presidente.

Leia mais notícias sobre o Carnaval

A escola

* Cores: verde, vermelho e branco
* Bairro: Restinga
* Presidente: Robson Dias, Preto
* Carnavalesco: Edson Santos, o Dico
* Intérprete: Renan Ludwig
* Diretor de Carnaval: comissão de Carnaval
* Diretor de Bateria: Mestre Guto
* Mestre-sala e porta-bandeira: Willian Alves e Giza
* Enredo: Da Sabedoria Busquei a Humildade. Da Humildade Clamei por Justiça. Sou Negro, Sou Rei: Kaô Kabecilê, Sou Restinga!

Leia mais notícias do dia

Como vai

A escola virá com 17 alas divididas em quatro setores, de acordo com os carros alegóricos. Estima-se a presença de 1,6 mil componentes. A bateria terá 250 ritmistas.

Samba

Da Sabedoria Busquei a Humildade. Da Humildade Clamei por Justiça. Sou Negro, Sou Rei: Kao Kabecilê, Sou Restinga!
Autores: Renan Ludwig, Edu Borel, J.C Castilhos, Bruno Martins, Leandro Gordinho, e Xilico

Corre nas veias esse sangue que é tricolor
Meu grande amor... ... Restinga
É justiceiro, tenho fé na tua balança
É assim não adianta
Tinga, teu povo te ama

Agô, meu pai, agô
Vem nos livrar da injustiças desse mundo
Dono da terra não tem mais o seu lugar
A natureza não se cansa de chorar
Desigualdade, intolerância
O preconceito racial e social
Mais na terrinha um grito forte ecoou
São os guerreiros povo de oyó
O mensageiro bará leva xangô
O clamor do Estado maior

Ouço o rufar de um tambor
Anunciando um novo tempo de esperança
É o trovão de xangô
Igualdade, justiça e amor

Ecoa um coro em louvação, magia e devoção
Ao soberano da oyó
Meu povo cansado de sofrer
Luta pra sobreviver
Sem perder a esperança
Desce com orum, a luz do seu oxé à nos guiar
Com o poder das yabás, à transformar
Kabecilê kaô,... eis a coroação
Hoje, o meu cisne vem te exaltar
Cantando em uma só voz (axé)
Quem gosta de nós somos nós

Curta nossa página no Facebook

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros